Sensações cotidianas inexplicáveis I

Aquela sensação que a gente tem quando está no mesmo ambiente com alguém que gostamos muito, e num determinado momento, você olha essa pessoa do outro lado da sala, conversando e interagindo, com seus jeito e trejeitos que você conhece bem, e por apenas um momento, rápido e intenso, você adquire uma consciência absurda sobre ela - o carinho, o medo de perder, o "a gente poderia não ter se encontrado nesta vida".

Como se chama esta sensação? 

Cena de Brilho eterno de uma mente sem lembranças.

5 comentários:

  1. Eu já tentei dar nome à diversas sensações desse tipo. Nunca consegui. É um misto de aperto no peito com alívio.
    Me lembrei de uma aula na faculdade no primeiro ano, quando uma profa. que gosto muito estava falando de uma obra que retratava a morte de Santa Teresa D'Ávila, e a expressão no rosto dela que mesmo na morte a expressão era de prazer, e fazia uma relação entre prazer e dor, que são sensações gêmeas. Acho que o amor e o medo de perder se encaixam nessa analogia também.
    beeeijo!

    ResponderExcluir
  2. Também sinto medo de perder as pessoas que tenho essa sensação, já perdi, medo não tenho mais, acostumei. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho sempre essas sensações, são indescritíveis e parece que a gente fica absorta e só no ambiente e sente que a perda causaria muita dor.

    ResponderExcluir
  4. Eu não sei como chamar essa sensação, mas eu já senti isso algumas vezes...

    Infelizmente, perdi algumas dessas pessoas!!!

    Um beijo!!!

    ResponderExcluir
  5. Ai, acho que essa sensação não tem um nome... Pelo menos eu nunca consegui encontrar algum.
    Já tive essa sensação algumas vezes na vida. Não muitas, confesso, mas as que tive me fizeram dar valor maior ainda pra essas pessoas. Não as perdi, pelo que consigo me lembrar. E deve ser dolorido quando acontece.

    http://vooodoo-queen.org

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!