Que porra aconteceu aqui, 2014?

Meu 2014 começou com muita positividade com a grande missão de superar o ano maravilhoso que foi 2013. A vida seguia seu rumo normalmente, com seus dias bons e outros também até que meu aniversário chegou e 2014 incorporou o Klaus Meine e mandou seu recado: "Here I am, rock you like a hurricane".


2014 chegando

Muita coisa mudou desde então mas a principal delas aconteceu e ainda acontece dentro de mim. A gente nunca é velho demais pra mudar de personalidade, gostos e opiniões, e que bom né! na verdade é uma merda

Algumas coisas fogem do nosso controle e outras são só questão de decisões. Mas quando o coração pede, não se tem muita escolha. Ainda que seja um erro, a gente só vai saber depois, bem depois. Mas isto também não importa, errar faz parte da experiência, constrói quem somos, afinal.

Quando coloco o ano de 2014 na balança, eu não sei pra que lado ela pende. talvez fique empatado. Sei que hoje eu não sou feliz todos os dias, mas também não sou triste. Sei que minhas escolhas me trouxeram consequências péssimas, mas também me trouxeram pessoas e momentos ótimos.

Os grandes acontecimentos de 2014 foram o término de um namoro de 4 anos e meio e a saída de um emprego de 2 anos e meio que eu adorava. Me apaixonei e desapaixonei 10 vezes desde então. Compartilhei histórias e experiências, conheci pessoas e dei adeus à outras. Me vi com a oportunidade e momento perfeito para realizar um sonho que estava no papel há uns 5 anos e desisti. Apenas não faz mais sentido pra mim. Não neste momento. Fui chamada de louca mil vezes. Chorei outras mil. E sorri mil também.

Mesmo que sejam coisas "simples" e que acontecem todos os dias com alguém, a gente só entende o quanto essas experiências simples e cotidianas podem mexer com a vida das pessoas e nos mudar, quando vivemos.

Hoje eu consigo pensar nas coisas não mais como "por que?" e sim "por que não?". Existem situações muito piores e traumáticas que a gente pode passar na vida e as coisas  que vivi foram só um workshop sobre ser adulto, escolher, quebrar a cara, renascer.

2013 me fez mais feliz, sim. Porém 2014 me fez sorrir por outros motivos, me deu auto estima e autoconhecimento. Me assustou, mas me ensinou. 

Estou encontrando 2014 no final destas linhas para dizer Obrigada. Você me fodeu muito, mas obrigada por isto.


________________________________________
Curta a fã page do Penso. Me siga no Twitter.

10 comentários:

  1. Grandes mudanças ocorreram pra você esse ano! E é como você disse, a gente só entende o quanto essas coisas "simples" mudam em nossas vidas quando vivemos elas. Infelizmente nem todas as mudanças boas ou sem grandes consequências, mas que bom que você consegue enxergar coisas boas mudanças ruins que teve. Que 2015 não seja tão filha da mãe quanto 2014 foi.rs
    Feliz Natal, feliz ano novo e que venha muitas coisas boas em nossas vidas <3

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. 2014 foi um ano turbulento! Espero que 2015 ensine, mas que não bata tanto quanto 2014 pra fazer isso.
    Beijinhos no coração
    Dani!

    Phases of the moon
    Instagram
    Fan page
    Canal

    ResponderExcluir
  3. É brabo, minha amiga. Realmente, uma viagem numa estrada sinuosa muitas vezes pode nos fazer apreciar mais a paisagem em relação a uma estrada em linha reta. Diminuindo a velocidade, a gente dá mais atenção ao processo em curto. A vida tem dessas idas e vindas; às vezes elas casam bem com o calendário. O melhor que o final do ano oferece é esse clima que nos permite parar um pouco e olhar para trás, para entender como a gente reagiu às coisas que se deram nos últimos doze meses. Muitas vezes, essa nossa avaliação final é mais prudente daquela que fizemos quando determinado episódio ocorreu no carnaval, ou no inverno, ou no mês anterior. Fico feliz, no entanto, que esteja reagindo bem às mudanças que a vida oferece. Eu estou em processo contrário: fazia cinco anos que eu pulava de um emprego para outro, e este ano, pela primeira vez, quebrei o recorde de doze meses no mesmo lugar. Precisei chegar quase aos trinta pra conseguir isso, mas quando a gente aprende alguma coisa, é bom. Você aprendeu; tá preparada pro que virá. Beijão.

    ResponderExcluir
  4. Já pensou se tudo fosse fácil e, de vez em quando, tragédias do tipo não acontecessem? A vida ia ser monótona, parada e a gente nem aprender tanto sobre ser adulto.

    Imagino que deve ter sofrido demais com tudo isso, mas é levantar a cabeça, recolher os cacos e tocar a vida. Afinal, a vida segue.

    Espero que 2015 seja um ótimo ano pra ti, cheio de sucesso profissional, aprendizado e conquistas pessoais. :)

    ResponderExcluir
  5. No final dos seus post sempre me fazer rir hahaha
    Bem.. Posso dizer que meu 2013 foi muito bom.. 2014 me derrubou de certa forma que cai de barriga. ( e isso dói). Acho que nunca chorei tanto em um único ano como esse. Pensei que nunca tomaria decisões contrarias de convicções que tinha por 7 anos.. Sim.. depois de 7 anos mudei. 2015 sinceramente não sei o que esperar.. Mas estou ai...

    Ótimo 2015!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Eu ri, porque me identifiquei com você HAHAHAAH
    Acabei de fazer um post - não sobre 2014, mas como esse ano ano que está indo embora, está fazendo questão de Poker face na minha cara nos últimos dias HAUAHAUA
    Eu não vejo a hora dele ir embora e espero que 2015 seja mais piedoso. Boa sorte pra vc também. O lado bom é que falta pouco e estou até fazendo contagem regressiva HAHAHAA
    Um bom 2015 pra vc :3
    O meu blog é http://julianaskwara.wordpress.com/, não sei prq está aparecendo um endereço antigo que eu tinha T_T

    ResponderExcluir
  8. Dayane, eu também achei que 2013 foi bom, porque melhor é uma palavra que nem se atribui a 2014, foi um ano que vivi perigosamente, mas não por escolha mas pelas circunstâncias, entretanto cheguei a 2015 e espero que eu tenha um ano bom, assim como desejo a todos
    que tiveram lutas terríveis em 2014. Que você conte muitas coisas boas aqui e feliz não somos, estamos felizes, felicidade é momento, há tempos de rir e de chorar, é inevitável. Feliz 2015!

    ResponderExcluir
  9. Quanto coisa acontece em 1 ano né? Toda vez que a gente poe na balança acaba se surpreendendo bastante, essa vida de gente grande é uma loucura só. Esper que 2015 te traga muito mais motivos pra sorrir :)

    ResponderExcluir
  10. A vida da uma reviravolta, e acontece coisas que nao imaginavamos. Que bom que apesar de nao ter sido um ano facil, voce parece ter saido madura disso tudo. Decepcoes e erros nao deixam de nos melhorar como pessoas se soubermos perceber, nos corrigir e tentar tirar uma licao.

    Feliz Ano pra ti, que supere 2013 ;)

    Beijo'o

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!