Todo mundo tem lembrança das Copas... menos eu

Eu leio muitos blogs por aí, brasileiros/gringos, e uma das coisas mais recorrentes dos últimos dois meses é a pauta Copa do Mundo / World Cup. Ok, o que eu esperava? Carnaval? Thanksgiving Day?

Isto não é uma reclamação, mas sim uma constatação de que eu tô sempre na vibe do foco errado e me divertindo com as coisas por outros motivos que não o proposto. 


Em 1994 eu era tão criança que nem me lembro de nada. Na final de 1998 eu estava na casa dos meus tios comemorando com os meus primos e com a cara toda pintada. Foi uma zoeira só. Eu lembro que tava achando aquele jogo muito chato mas estava gostando da zoeira. Talvez esta seja a única sensação real que tenho de uma Copa do Mundo. A zoeira. never ends

De acordo com o calendário, veio a Copa de 2002, um limbo na minha mente. Lembro de muitas coisas que aprontei aos 15, mas absolutamente não da Copa do Mundo. Então, veio 2006 e eu lembro vagamente de algumas coisas, como por exemplo, ir para casa mais cedo para assistir aos jogos (tipo de coisa que a gente não esquece, sair mais cedo do trabalho).

Em 2010 eu já estava namorando com o Rapha e acho muito estranho não me lembrar de nada pois, sendo ele um grande admirador de futebol, será que não vimos alguns jogos juntos? Não conversamos sobre isso? Não lembro de nada.

Mas o estranho é que as pessoas descrevem suas sensações, como se a Copa do Mundo fosse aquele tipo de coisa que marca na vida da gente. Talvez seja assim em algumas vidas, mas não na minha. 

Aqui em casa tentaram contagiar meu sobrinho, pintar a cara dele, colocar camiseta, chapéu e tudo. Tentaram socar esta cultura do futebol e mulher pelada goela abaixo do garoto. Ele até deixou ser enfeitado, mas não deu para esperar que ele desse mais importância para a abertura dos jogos do que para os desenhos dele. Acho que nesta assunto ele puxou mais para a tia do que para o pai.

Minha mãe dizia: "Arthur, é sua 1° Copa" e ele dizia: "Mas eu quero ver desenho"

Volto aquele velho discurso do "eu nasci na época errada", ao me imaginar muito mais empolgada em uma arena assistindo a uma boa luta de Gladiadores (por mais doentio que isto possa parecer), na Roma antiga, do que em um estádio lotado vibrando pelo meu país. Eu sei que depois que a gente assiste Spartacus, quer muito dar três tapas na cara daquele povo se divertindo com a morte dos pobres escravos/gladiadores, mas na época ninguém tinha noção do quão cruel e desnecessário era aquilo. tipo hoje com a Copa

Mas a nossa política do pão e circo atual tem funcionado com a mesma eficiência daquela época. Ao menos, muita gente tá caindo nessa. E viva o país do futebol! #VaiBrazil #PraCimaDeles

Entretenimento em meados de 300 a 100 a.C.

________________________________________
Curta a fã page do Penso. Me siga no Twitter.

7 comentários:

  1. É complicado ser alguém que não curte Copa do Mundo em tempos de Copa no Brasil. Falo isso por experiência própria por que nunca liguei para Copa nem para futebol e não seria diferente esse ano, rs. Só sei que aqui em casa está uma coisa linda, é jogo todo dia e o assunto é só esse também. Pior que nem os jogos do Brasil eu assisto e anteontem quando teve jogo (foi anteontem msm né?) eu nem sabia que tinha nada! hahahahaha O que piora minha relação com a Copa é o fato do governo estar usando isso como forma de abafar a situação política do país. Isso me deixa ainda mais indiferente e com vontade de dormir nos jogos do Brasil, rs. Mas uma coisa eu preciso admitir: os feriados aqui no Rio estão bem legais, rs.

    ResponderExcluir
  2. To longe de ser fã de futebol, mas não nego que ter a copa do mundo aqui do nosso lado seja um tanto interessante: com esse bando de gringo (gato) de um lado pro outro, e essa vibe de festa a semana toda. Eu não gosto de assistir jogo, mas adoro a diversão com os amigos.
    Tenho evitado essa relação da copa com política (sério), porque foi roubado pra cacete, o desvio de verba foi milionário, os estádios não ficaram 100%, e muito menos as outras bras, mas fazer o que além de escolher direito em quem votar? Agora já foi: ta pago, tinham que ter reclamado anos atrás quando escolheram aqui pra ser cede, de que adianta desligar a teve se o jogo ta rolando vendo você ou não? Por isso preferi aderir, não ao clima, nem a copa, mas a alegria de desfrutar da ~zoeira~ com os amigos... E que a revolta seja feita na urna, afinal, depois que a copa acabar alguém precisa contar cadê todo o dinheiro que devia ter sido gasto com as obras que não terminaram...

    http://www.novaperspectiva.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu não sei, mas suspeito que haviam sim os críticos das lutas nas arenas, mas as vozes deles eram minimizadas por uma cultura que não achava aquilo nada demais, apenas uma diversão saudável. Day, pensando bem, você divou totalmente na comparação!!! kkk Deu até uma coceirinha naquele lugar onde não da para coçar, porque amo futebol, claro que amo os jogadores, sou mulher cis poxa, como não aproveitar as visões? E sou filha do meu pai, cresci ouvindo resenhas esportivas, acompanhando copa a copa, desde pequeninha, celebrei o Tetra, me frustrei na França, sonhei com o Penta estou enlouquecida com a copa no Brasil, torcendo desesperadamente por todos os times sulamericanos \o/ Amando da adeus a Inglaterra e a Espanha, torcendo muito para a Itália ir embora, querendo ver o Japão ganhar, vibrando com tudo e todos \o/

    Mas a sua critica meio despretensiosa me pegou... Tá doendo!

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou fã da Copa. Não dessa, pelo menos. Também não tenho lembranças significativas de Copas anteriores, nunca dei muita importância a isso, também não desvalorizo.
    Mas esse ano, sou o tipo de pessoa que compartilha tudo de ruim que imaginávamos sobre a Copa. Sou dessas.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Eu dormia nos jogos. Sö lembro de ter ficado PUTA porque minha mãe não deixou eu ir pra avenida comemorar a copa de 1994 (eu tinha DEZ anos ahahahah). E só. Ahn eu continuo dormindo nos jogos. O prazer de sair mais cedo do trabalho agora será minhas próximas lembranças rs

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre achei que nasci na era errada. Eu mesma, nunca gostei de futebol e lembro de outras copas, mas nunca me empolguei, não torço pra time nenhum e fico chateada com o fanatismo do povo brasileiro com jogos da Copa e tudo isso. Mas, são tantas coisas que agente detesta e não há como fugir delas, porque tem um milhão que gosta e você tem de aguentar a euforia e baderna. No final, essa galera do mal que rege a política do Brasil vai ficar bem porque o título já foi pago. Tantos gastos desnecessários!

    ResponderExcluir
  7. Gente, mas até eu tenho lembranças da Copa. Tipo que aquilo era mais legal quando era criança e tal [cadê os craquês? cadê ronaldo?]. lol. não entendo como as pessoas podem se empolgar com os jogos de hoje. gente adulta. gente do meu tempo. gente que não se importa com o fufuzela no ouvido quando tudo o que outras pessoas queriam [eu] era ficar em paz. ~ só que, também tem aquela ideia de que: tem gosto pra tudo nesse mundodemeudeus. até mesmo pra jogos espartanos ... ▧ Emilie Escreve ▧

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!