Harry Potter e a Ordem da Fênix

O 5° livro da série Harry Potter foi sem pensar muito, o que eu menos gostei. 

Muito por conta da chatice do Harry, que, após passar as férias quase toda fechado na casa dos tios, resolveu sair brigando com geral e descontando até em quem não tinha culpa.

Harry virou um adolescente, e como a maioria deles, se sentia o centro do universo. Queria saber a todo custo os assuntos dos adultos da Ordem da Fênix. Gosto de chamar A Ordem da Fênix de "a resistência", hehe. Gostei muito da ideia e da coragem de todos os envolvidos.

Acho que este foi o livro em que eu senti mais raiva! Odeio a Umbridge, e odeio a Bellatriz mais ainda. Achei que a morte do Sirius foi meio "fria", sabe. Só eu senti isso? No filme foi mais emocionante. Claro que o apelo visual conta muito. 

Não quero jamais diminuir a dor do Harry, mas achei que ele foi meio frio demais. Será que entendi tudo errado? Senti falta de lágrimas e dias sem sair do quarto, algo assim.

Bem, achei o livro meio arrastado, as coisas não desenrolavam nunca mais e isto me afligia. Porém, quando as coisas aconteceram, foi da forma que tinha que ser, mais uma vez, narradas e amarradas de forma perfeita.

_______________________________________________
Curta a fã Page do Penso. Me siga no Twitter.

7 comentários:

  1. Então não li nenhum dos livros, apenas assisti os filmes, mas ainda tenho curiosidade de ler todos, apenas por gostar mesmo.
    :D

    ResponderExcluir
  2. Eu também achei esse o mais chatinho, e concordo sobre ser meio arrastado...
    Mas, em caso de HP, mesmo quando não é muito bom ainda assim é ótimo...rs!
    =P

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho padecido de uma imensa vontade de reler todos os livros dessa série!!! Mas vou te contar, esse foi um dos meus preferidos e mais odiados livros da série. Mas que fria, eu achei a morte do Sirius estupida! Ainda hoje, quase dez anos depois de ter lido o livro ainda não perdoei a J. K. por isso... Foi cruel e na minha opinião sem sentido. #ProntoConfessei

    Cheros, Pandora.

    ResponderExcluir
  4. Como assimmm, esse é o meu preferido da série. Sirius era meu personagem preferido e eu chorei com a morte dele. Acho que podia ter sido de outra maneira, a gente no início fica meio sem entender o que é aquele danado do véu. Mas, fora isso, adoro este livro. É engraçado como nunca encontro um consenso nos livros de Harry Potter; meu namorado adora o segundo livro, que eu acho um dos mais sem graça. Acho isso massa.

    ResponderExcluir
  5. Olha, o livro que eu menos gosto da saga é o sexto. Acho que o quinto tem um significado especial pra mim. Lembro de juntar moeda por moeda para comprar a edição em inglês e ter lido tudo com um dicionário ao lado. Incrível como Harry Potter fez parte de tantos momentos da minha vida.

    ResponderExcluir
  6. Olha, a gente gosta TANTO dos livros de HP que é difícil decidir qual o mais chatinho. Eu lembro de esperar os lançamentos em português desesperadamente e devorá-los tao rapidamente. Já reli todos três vezes e agora me deu vontade de reler novamente. SEMPRE me surpreende. Melhor saga ever. E meu marido não gosta ahahah isso porque nunca leu. Acho que é preconceito por conta da fama, sei la, ele é mais clássico para leituras. Mas enfim, admiro como ainda hoje HP consegue contabilizar fãs de todas as idades.

    ResponderExcluir
  7. Aahh que saudades de Harry Potter <3
    Tem gente que consegue ver onde a J.K. pisou na bola com os próprios livros, mas meu amor por essa série é tão cego que eu adoro cada palavra de toda a série. Pra mim, nenhum é cansativo ou absurdo.

    Beijos,
    Cenas do meu livro de memórias | Fanpage do Blog

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!