Discos que marcaram a minha vida

Este post faz parte do rotaroots, grupo de blogueiros de raiz que organiza blogagens coletivas e tenta manter a blogsfera viva. Vem junto com a gente clicando aqui.
____________________________________________

Sou da geração MTV e tenho o maior orgulho disso, pois foi por causa daquele canal que descobri minha paixão por música

Começou com as boy bands até chegar no estilo musical que fez a perna tremer, o olho lacrimejar e o arrepio atravessar a espinha. É, até contei como foi minha iniciação no rock neste post

Sem mais delongas, vamos ao discos:




1. Guns n' Roses - Greatest hits
Nada mais justo do que começar com meus primeiros tutores. Apesar de conhecê-los nos anos 90, eu só tive este disco muito tempo depois. Eu sabia a sequência das músicas de cor e me sinto um tantinho triste em pensar que não sou mais capaz de me lembrar mais. sdds

2. Mamonas Assassinas - Mamonas Assassinas
Eu escutava Mamonas Assassinas em fita k7! Suuuper nostalgia lembrar disso! Recentemente eu e minha irmã estávamos lembrando da capa deste disco e tive um insight sobre o trocadilho do nome com as mamas na capa. É, gente, eu preservei a inocência juvenil achando que era SÓ por causa do fruto chamado mamona. Observem o nível de lerdeza.

3. Nirvana - Nirvana
Eu queria um CD do Nirvana e minha mãe comprou este. Fiquei chateada por não ter sido o Nevermind. Apesar disso, adorei o CD, e o encarte com cenas dos shows foi um dos que traduzi à mão com dicionário. Bons tempos.



4. Linkin Park - Hybrid Theory
Quando o Linkin Park surgiu eu fui uma das adolescentes que foram na onda. Quis muito este CD e quase morri de felicidade quando minha mãe chegou em casa com ele e uma camiseta da banda. Escutei até quase furar e ele teve seu fim em alguma loja de discos da Galeria do Rock.

5. Aerosmith - Nine Lives
Eu gostava de imprimir as letras para cantar junto com a música. Bons tempos de embromation e de extravasar as mágoas em Hole in My Soul, que até hoje é uma das músicas que eu mais amo. E a capa já me encantou de cara.

6. Pink Floyd - The Dark Side of the Moon
Este não é um disco simples, é um disco para se apreciar, com calma e tempo. Tudo se encaixa e O Magico de Oz está ai para provar. Eu tenho uma ternurinha aqui dentro por Wish you were here, por motivos de: Wish you were here, mas também por The Wall (que levará 1 semana e meia caso você queira escutá-lo na sequência).



7. Legião Urbana - Como é que se diz eu te amo
Eu poderia colocar Dois, Que País é este, As quatro estações, V, Mais do mesmo ou Acústico MTV, que escutei na mesma proporção, mas escolhi este pois é o que reúne mais músicas. 

8. Charlie Brown Jr - Acústico MTV
Amava este disco! Escutei demais, rodou pela favela inteira pois só eu tinha na época, rs. Alias, nunca tive frescura em emprestar CD's como tenho com livros...

9. Racionais MC's - Nada como um dia após o outro dia
O que me chamou atenção de cara neste CD foi que, por ser duplo, em um disco vinha escrito "chora agora" e no outro "ri depois". O que eu poderia falar desse disco aqui precisaria de um post inteiro, pois ele não significa apenas um disco, ele vem carregado de história pra mim. Como por exemplo, as idas e vindas entre ele e o Acústico MTV - Charlie Brown entre eu e meu vizinho; ainda me lembro que todo domingo ele acordava a vizinhança com a intro "Vamo acordar, vamo acordar, porque o sol não espera demorô..."; eu e a minha amiga Jéssica (que já virou estrela, lá no céu), disputávamos quem conseguia contar Vida Loka Parte I e II sem errar. Ela sempre ganhava.



10. The Smiths - The Queen Is Dead
Bons tempos de mimimi eterno. Nunca me senti tão feliz em estar na fossa (gíria de velho essa, né).

11. System Of A Down - System Of A Down
E assim começa meu amor por SOAD. Neste álbum tem a música com a frase que escolhi para tatuar: Free thinkers are dangerous (a tatto mais foda do mundo, tá).

12. Kings of Leons - Mechanical Bull
Eu sempre gostei de toda música do Kings of Leons que caía em meus ouvidos e este foi o único disco que escutei inteirinho e que agora, tem presença VIP no meu celular, me acompanhado na ida/volta do trabalho e embalando minhas leituras. É o disco do momento na minha vida.

Quais os discos que marcaram a sua vida?
___________________________________________
Curta a fã page do Penso. Me siga no Twitter.

22 comentários:

  1. Engraçado que eu comecei com as boy bands, mas fiquei no pop mesmo..rs! Ah, sim, putz, Charlie Brown era legal. Legião é uma coisa linda, que eu tenho orgulho de dizer que conheci na minha adolescência (através de um cassete). Linkin Park já era uma coisa de uma geração que ainda estava virando adolescente...então, eu nem curtia muito. Até porque, entrei no colegial e fiquei chata com música (depois voltei a ser legal -qq). Nirvana é realmente bom, como alguns dizem? {Emilie Escreve}

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Temos gostos parecidos então :)
      Eu gostava muito de Nirvana, mas depois conheci coisas beeem melhores, como Pink Floyd!

      Excluir
  2. Com certeza eu não vou lembrar o nome, mas como também fui da finada Geração MTV, um disco do Aerosmith que tem a música Crazy foi o que mais me marcou. Achei o disco excelente, apesar da banda fazer, na maioria das vezes, um rock meio farofa. Enfim, geração boa a nossa.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crazy é uma das músicas do coração <3
      Aerosmith tem mesmo umas músicas que olha, vou te contar, época ruim. Mas o Steve é um showman, ele faz valer um show da banda.

      Excluir
  3. Linkin Park é a minha banda favorita, até hoje. Haha! Adorei suas escolhas! Temos um gosto musical parecido! Haha ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amor por Link Park terminou mesmo em Hybrid Theory. :s

      Excluir
  4. também fui dessas adolescentes do Linkin Park HAHAHAHA

    ResponderExcluir
  5. poxa que post lindo você colocou metade dos cds que marcaram minha adolescência mamonas,nirvana,guns n roses (mas no meu caso foi use your illusion),linkin park e aerosmith e kings of leon claro morro de amor por todos eles até hj o único que não estou seguindo/ouvindo é linkin park :(
    http://blogradioactive.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Nossa, arrasou!!! Só banda boa, amei ♥♥

    ResponderExcluir
  7. Adorei!
    Nossa, esse dos mamonas.. voltou no tempo! Era tão bom ouvir..
    Gostei dos outros também. Um que marcou muito a minha adolescência foi esse do Linkin Park e é o melhor álbum da banda
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca cheguei a ouvir os outros. Parei no primeiro, a paixão chegou e se foi na mesma intensidade rs

      Excluir
  8. Minha infância foi na base do mamonas assassinas hahahaha, sem contar em pepê e nenem rs entre outras que não lembro , seguindo seu blog! adorei ♥

    ResponderExcluir
  9. Day, não sei o que comentar aqui pois não sou e nem nunca fui uma pessoa muito musical...rs
    Mas permita-me dizer que eu, aos 27 anos, acabo de descobrir lendo seu post que o mamonas dos mamonas assassinas não se trata apenas do frutinho verde que a criançada gosta de tacar umas nas outras!! ¬¬
    #tôchocada
    hahaha
    bjo
    ^^

    ResponderExcluir
  10. Todo mundo citando Mamonas e eu me odiando por ter esquecido deles na minha listinha! =(

    ResponderExcluir
  11. Gente, só disco bom e tudo rock!
    Não sou da geração MTV e fui me aventurar no mundo da música já velha (na adolescência mesmo).
    Quero iniciar meus filhos nesse mundo desde pequenos rs.
    Enfim, amei os álbuns!

    ResponderExcluir
  12. Meu Deus, vc acabou de tirar minha inocência juvenil. Eu realmente não tinha entendido o trocadilho do nome dos Mamonas Assassinas com a capa do CD. Só me toquei disso agora com o seu post. kkkkkkkk

    Todos esses CDs eu me lembro de uma música ou outra da minha infância. Minha tia tomava conta de mim enquanto meus pais trabalhavam, e ela gostava muito de rock e colocava sempre pra tocar. Saudades...

    Beijos,
    Cenas do meu livro de memórias | Fanpage do Blog

    ResponderExcluir
  13. Haaa o rock! Vejo nessa lista CDs que estarão na minha! Não adianta, acho que o rock é o tipo de música mais marcante que existe e eu sinceramente acho que deve existir alguma explicação científica para isso! hahahaha Alguns da lista eu só conheci mais tarde como The Smith :/ mas antes tarde do que nunca né? não sei como vivi sem eles! hahahaha

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!