The next step is now

Cansei. 

Sabe, as vezes a gente cansa mesmo de tudo o que nos rodeia, desde as pessoas até as situações. Acho muito bonito reconhecer quando o problema é você, até porque, geralmente é você mesmo e não o mundo. 

O mundo já está ocupado demais em ser bom para todos os que me rodeiam, não vou sobrecarregá-lo colocando ainda esta culpa em suas costas. E se as coisas estão dando tão certo para todo mundo, será mesmo que a culpa é das oportunidades, ou da falta delas?

É muito difícil quando a gente percebe que a partir de tal ponto depende só da gente. Porque é assustador, porque dá vontade de voltar a ter 5 anos de idade. E principalmente porque a gente tem a mania de achar que não é capaz.

Só que eu cheguei até aqui, não cheguei? As coisas não saíram como eu sonhei, mas considerando que eu nunca tive um plano, elas até que saíram bem, não saíram?

Por isso hoje eu fiquei com vontade de dizer isto aqui. De dizer que eu vou me colocar em movimento de novo. Vou incorporar Katherine Pierce dizendo i'm a survivor e parar de reclamar tanto - pela 10° vez eu prometo isso e acabo sempre voltando aos antigos hábitos.

Me disseram que a única forma de se livrar de um velho hábito é criando um novo. E eu estou constantemente tentando, mas é tão fácil remoer as mágoas e xingar baixinho, uma sensação boa de vingancinha tão pessoal, que me faz sorrir escondido imaginando como eu posso ser tão evil

É bem difícil né. Esse negócio de atitude positiva, colocar um sorriso no rosto quando você nem sente de verdade que as coisas estão indo tão bem assim. 

O importante é continuar tentando.




______________________________________________________


Curta a fã Page do Penso. Me siga no Twitter.

7 comentários:

  1. Oi Day!!

    Acho que entendo o que vc quis dizer com esse texto. Acredito que seja normal a gente ter essa mania de culpar o mundo e de não se achar capaz algumas vezes. Eu tenho frequentemente esses sentimentos em relação a alguns aspectos da minha própria vida.
    E sim, somos sobreviventes dessa selva que é o mundo (ok, fui um pouco dramática agora), mas de qualquer forma sempre encontramos maneiras de passar por cima, de sobreviver, de vencer, de dominar os problemas...
    E eventualmente continuaremos reclamando, continuaremos xingando baixinho e até mesmo abafando lágrimas no travesseiro, e riremos por dentro quando algo não muito bom acontecer para alguém que odiamos...mas isso nos torna más? acredito que não, acredito que nos torna apenas humanas...
    Amiga, escreve lá no meu blog seu e-mail, que te envio um com o meu endereço do skype para a gente trocar umas ideias teclando por lá, se vc quiser desabafar e tal!
    E fique com uma frase que sempre penso quando me sinto assim como vc meio culpada por certos pontos da minha vida:
    “You can't keep blaming yourself. Just blame yourself once, and move on.”

    bjoooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima frase... vou começar a segui-la..

      Excluir
  2. Eu estou na fase de se librar de um velho habito e criar outro, mas tá punk viu. O hiato entre essas duas partes faz a gente desabar completamente. Mas continue firme. Arranje pessoas pra te motivarem, e se só tiver nego que quer te boicotar por perto, fique um tempo no seu casulo. No fim, as coisas dao certo. Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Dayane, dá uma olhadinha no seu email! Você ganhou o sorteio de O mágico de Oz lá no blog, parabéns!!
    Lá tem mais detalhes. Me responda em até 3 dias. :*

    www.despindoestorias.com

    ResponderExcluir
  4. É fogo quando a gente precisa ser positiva num mundo em que as coisas, para nós, trazem tanta negatividade. Também tenho pensado em como fazer isso e, sinceramente, ainda não descobri. O que tem me ajudado, mais ou menos, é tentar viver um dia de cada vez e ter como foco ser positiva naquele dia. Mas é como você disse, eu também me faço promessas e quando vejo já estou no mesmo lugar de antes! Mas de coisa eu sei: o ser humano consegue produzir muito bem em momentos mais "negativos", principalmente escrever. O jeito é tirar proveito né? Tamo junto Day! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb estou procurando ver a felicidade em coisas simples, do dia a dia;
      Isso é mto difícil, ainda mais quando ficamos almejando um sonho distante e vivendo em função dele, deixamos passar o "agora".

      Excluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!