Um adeus difícil, bitch

Maldita paixão pela arte do cinema que me faz ficar caidinha de amores por fotografias, ângulos inovadores, roteiros originais e diálogos criativos.

Quantas olheiras Breaking Bad me causou. Em 10 dias assisti 4 temporadas. Em 13, zerei a série. Como não amar uma série que logo no pilot tem um homem de cueca num deserto te apontando uma arma? E uma cena genial em primeiro plano com a câmera em travelling saindo do cano da arma?


A cena que me conquistou no 1° episódio. É amor, é amor.

E ai os episódios acabam e eu vou pesquisar, vou descobrir como realizaram tal ângulo, descobrir os easter eggs,  ler entrevistas dos atores e vou entrando cada vez mais naquele mundo. Coisa de nerd que não se contenta com o superficial, que precisa ir a fundo, não dormir mais na vida. Não que isso seja algo bom.






 




 

  







  


Breaking Bad é uma série pesada e triste, daquelas que te fazem sofrer mesmo depois de terminar, ficar pensando no rumo que a vida das pessoas seguiu depois do final - sim, eu penso no rumo da vida dos personagens após o fim - porque o meu nível de imersão é esse: não acaba quando termina. 

Eu queria não sofrer assim, não me sentir órfã, não desejar tanto abraçar o Jesse Pinkman e dizer que tudo ficará bem. Mas é uma série com diversos momentos cômicos também. Hank e Saul são personagens com senso de humor fantásticos!

E agora fica aquela saudade dessa série que não deveria ter acabado e ao mesmo tempo eu prefiro quando dão um fim descente e eternizam aquele universo no nosso coração. Nem vou me aprofundar aqui nas questões técnicas que fizeram com que especialistas de comunicação e cinema considerem BB um marco de uma nova era na televisão. Quem assistiu sabe o que isso significa.

Ps: Pessoas que usam gifs com moderação, a gente não vê por aqui.
Ps2: Breaking Bad ganhou o 2° lugar no meu coração. O 1° ainda é Spartacus.
Ps3: Recomendo a leitura do texto: Breaking Bad e as novas regras da televisão.
Ps4: Recomendo a leitura do artigo wiki sobre o episódio "Ozymandias" - considerado uma das melhores produções de TV já feitas, tendo alcançado recorde de telespectadores e o único a obter nota 10 no IMDB. É disso que eu tô falando, bitch!
Curta a fã page do Penso. Me siga no Twitter.

3 comentários:

  1. nossa que blog liindo parabens to seguindo *--*
    sou igual você, começo ver uma erie vicio e quero ver todas as temporadas ja kkk fico sem dormir noites só apreciando e no deleite kkkk
    obrigado pela visita no meu blog, volte sempre ;*
    http://toledo-esefosseverdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Fotografia, diálogos inteligentes e séries são paixões minhas também.
    Quanto a Breaking bad eu só vejo mais na grade de programação, eu só vejo as séries pela TV mesmo, porque baixar pela internet e vê-las me causa trabalho e esporadicamente vejo essa, por não acompanhar desde o começo, mas quando repetem fazem com mais frequência e dá pra ver muitas temporadas, já assisti várias temporadas de séries na reapresentação com exibições diárias. Tomara que façam isso com essa série, porque quando a gente gosta muito quer ver sempre e se der todas as temporadas já passadas.

    ResponderExcluir
  3. Uauu, 4 temporadas em 10 dias é bastante coisa, hein!! Vício total!!!
    Mas te entendo, já fiz isso com diversas séries...é bom demais quando viciamos assim...e compartilho também o seu sentimento de se sentir perdida depois do final da série..hahaha...coisa de nerd, indeed!
    Bom, quanto a Breaking Bad, já ouvi excelentes críticas a respeito, e meu noivo viciou um tempo atrás, assistiu tipo duas temporadas em uma semana, mas eu não me interessei muito quando ele me contou sobre o que se tratava....sabe como é né, sou mais romântica...rs!
    Espero que logo vc encontre uma série nova para "substituir" essa, comigo é assim que funciona após um término doloroso (de série, rsrs)!!
    bjooooo

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!