Filme A Morte do Demônio - Remake

Mas que vergonha de ainda não ter feito uma resenha deste filme aqui, o qual eu assisti quando estava em cartaz. Mas nunca é tarde para registrar uma crítica.

A Morte do demônio é o Remake do 1° filme da trilogia Evil Dead (1981) de Sam Raimi.

No filme, Mia é uma viciada em drogas que tenta se recuperar se isolando na cabana de sua família. Para apoiá-la, seu irmão e a namorada e mais dois amigos os acompanham. Após entrarem na cabana, eles descobrem que algo está errado... No porão encontram diversos animais mortos e um livro misterioso.

Um dos amigos, aparentemente o mais nerd, Eric,  fica vidrado no livro e começa a estudá-lo. Ao ignorar os avisos para que não leia o livro, ele acaba por ler as palavras mágicas, sem saber que está libertando um grande mal...


A pessoa mais vulnerável no momento é Mia, pelos problemas emocionais e a tentativa difícil de se livrar das drogas. Certamente ela é a escolhida para "receber" a entidade misteriosa em seu corpo. A garota vai pirando aos poucos, foge pra floresta, é encontrada e levada de volta para a cabana, mas já é tarde demais. Ao perceberem que a garota precisa de socorro médico, tentam sair da cabana, mas uma tempestade assolou a região, impossibilitando-os de sair.


Eric continua pesquisando e percebe que libertou algo sinistro ao ler aquele livro. Resolvem trancar Mia no porão, mas o espírito maligno já está tomando conta dos outros, de forma que uma verdadeira guerra se inicia dentro da cabana.

A maquiagem usada nos personagens é muito convincente, apesar do sangue excessivo. É um verdadeiro banho de sangue este filme! Apesar de seguir a história original, é bem feito e convincente, pois quem assistiu o original de 81 sabe que a falta de recursos da época fez do filme um clássico trash adorado até hoje, onde assisti-lo ainda é uma diversão.


Dá aquele medinho em algumas cenas, uma tensão enorme e claro, uma tremenda agonia das mutilações que os personagens sofrem. O filme de 81 arrancaria algumas risadas nos dias de hoje, mas este não, não há nada de cômico...

Eu recomendo o filme, é uma temática pesada, tem muita violência e sangue, é bom para quem está a fim de assistir algo mais forte mesmo. Se quer apenas diversão, veja o original, vale a pena :)
Curta a fã page do Penso. Me siga no Twitter.

8 comentários:

  1. Esse num é um filme com muito sangue. É sangue com muito filme.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ai, tenho medinho desse tipo de filme, hahaha. Mas sou curiosa e sempre acabo assistindo, também por insistência do namorado. Essa última imagem me fez pensar duas vezes se eu vou me render à ideia de vê-lo, odeeeeio filme nojentinho, rs.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. VIRJE MARIA SANTÍSSIMA!
    Confesso que só li o começo do post e o final. Não quis saber do meio. Você sabe que pra filme de terror eu sou mais mole que pudim. hahahaha

    Que tal resenhar uma comédia romântica, hein? Pulemos a sessão cine terror. haha

    Beijo!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  4. Ahh, eu gosto de filmes de terror em geral, estava bem interessada enquanto lia sua resenha, mas quando vc citou "mutilações" meio que perdi a vontade...hahaha...gosto de sustos, não me importo com mortes violentas e etc, mas quando começam a torturar a galera, aí já não consigo mais olhar...haha...bananona eu, né?

    Hoje assisti Pacific Rim no cinema...vc já assistiu? se sim, gostou?? se não, eu recomendo..hehe!

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Taí um gênero que não consigo assistir nem a pau, hehe.

    ResponderExcluir
  6. Poxa, não conhecia nem o original e já tem remake! Mas mesmo assim não vi e nem verei, porque fujo quilômetros do gênero terror e as imagens já amedrontam. Mas pra quem gosta, deve ser um bom filme.

    ResponderExcluir
  7. Esse é um exemplo onde o original que saiu melhor que o remake.
    Mas acho que esse tema de demônios nos filmes já anda meio "batido"; só falta começarem a explorar a ideia da "Goetia" para produzir esses filmes...


    ResponderExcluir
  8. Se você pegar a primeira letra dos personagens David, Eric, Mia, Olivia e Natalie perceberá que elas formam a palavra demon (demônio, em inglês).

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!