3 Anos de Amor!

Eu não queria deixar passar em branco o aniversário do Rapha que foi no último dia 16, mas as coisas ficaram um pouco corridas durante a semana, principalmente porque corri para montar a cesta beer sommelier e não podia faltar na faculdade (ainda bem que tive a ajuda da minha irmã). No sábado à noite comemoramos com amigos, mas o post que eu queria fazer não saiu.

Mas hoje eu não deixarei passar em branco pois, é nosso aniversário de três anos de namoro o/

Quero postar algumas simples palavras, pois acho que tudo o que eu tinha para dizer para ele ou sobre ele, eu já disse. Ou não disse, porque palavras não são, nunca serão o suficiente...

_______
Então, eu queria dizer que amo quando você acaricia meus cabelos me olhando dormir, quase me despertando e se afastando em seguida. O cuidado que você tem para não me acordar mesmo quando já são 14h45. Gosto quando você faz cócegas na minha barriga me forçando o riso, que logo se tornam em gargalhadas desesperadas e sufocantes. E você não desiste, me deixando à beira da morte por gargalhadas.

Gosto quando você deixa a última porção de salsichas com molho para mim porque eu adoro, mesmo que você tenha que comer ovo. E quando você dá a primeira mordida no sanduíche gigantesco abrindo um espaço que seria impossível com meus pequenos dentes de coelho.

Amo receber suas mensagens no meio da tarde, sem me dizer nada importante, apenas para me certificar que você está ali, logo ali, em algum lugar do mundo. Adoro quando você fica até tarde online conversando comigo sobre assuntos que eu gosto, mas que não tenho nenhuma amiga com quem falar.

Amo quando você, mesmo com sono, fica comigo até o final do filme. E não me importo em assistir filmes repetidos se você não tiver visto. Até finjo surpresa com o final. Amo quando estou brava com você e você não desiste até me fazer entender. E quando tento sair e você me imobiliza com apenas uma mão.


Quando ficamos até altas horas da madrugada olhando para o teto e conversando sobre coisas da vida. Quando você não concorda muito, mas até passa a concordar um pouquinho para me ver feliz.

Quando no escuro e no silêncio do cinema, sua mão encontra a minha e fica passando seus dedos nos meus. E quando em meio à amigos na mesa do bar, ou no almoço na casa da sogra, repouso a mão na sua coxa só para sentir a segurança de saber que você está ali.

Quando a gente se comunica pelo olhar. Ou quando eu tento fingir um comportamento qualquer e você ri de mim, pois me conhece muito bem para saber que estou fingindo. Amo quando eu disfarço o ciúme e você me desmascara na hora. E quando você imita minhas frases e meu jeito de falar, tão infantilizado que me irrita e me faz rir.

E amo quando estou tão convicta de algo e você quebra meus argumentos com sua linha de pensamento sempre coerente e sensata. Na verdade me irrito, mas só para te admirar depois. E a sua capacidade enorme de ser sempre tão justo e nunca julgar. Seu jeito preocupado de ser com as pessoas que você gosta, que me causa um certo ciúme de saber que você não é só meu. E talvez você não saiba, mas tento ser como você todos os dias.

E todas as coisas em você, e seus pequenos defeitos que mesmo sendo defeitos, te fazem mais perfeito que qualquer homem que conheço.

E esse amor que você demonstra, que não é egoísta, que é puro e simples, que me desperta uma certa possessão de querê-lo só para mim... e o melhor que posso te dar, é o meu mais verdadeiro amor, para toda, toda, toda a vida.

Com amor.

3 comentários:

  1. Que lindo!!!!
    Que vocês possam ser sempre muito felizes! Não é fácil encontrar um companheiro assim tão leal, romântico e bonzinho, cuidem bem um do outro!!!!
    Parabéns, flor!
    =]

    ResponderExcluir
  2. Wow! Such beautiful pictures!

    http://theprintedsea.blogspot.de/

    ResponderExcluir
  3. Nossa day,fiquei até emocionadinha com esse texto. Muito lindo esse amor. Felicidades por muitos e muitos anos!

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!