Eu queria que as Redes Sociais acabassem

Se eu entro na Internet para fazer alguma coisa de natureza "séria"- procurar emprego, estudar inglês, estudar photoshop, fazer pesquisas"- não consigo me concentrar unicamente no meu objetivo, pois sempre acabo por acessar o Twitter, o Facebook, o Filmow e etc, e o que inicialmente era só uma "checada", vira meu motivo de procrastinação das atividades "sérias". 
Não adianta excluir minhas contas das redes sociais, pois sabendo que elas continuam existindo - e que praticamente TODAS as pessoas do meu círculo de convívio possuem- seria impossível me manter longe. Afinal, como eu vou saber quem começou a namorar com quem e quem terminou com quem? Como saberei quem é o novo amor eterno daquela amiga (que tem um amor eterno por mês?) Onde verei os vídeos de gente bêbada que tá dando o que falar? Como saberei se a Luiza voltou do Canadá?


Antes era o Orkut, lembro bem, eu deveria ter uns 15 anos quando a epidemia começou. Eu ia nas Lan Houses pois ainda não tinha computador em casa =/ Na época a novidade era ver a nova namorada do ex da minha melhor amiga, e claro, brigar com ela via scrap. Sentiu até vergonha alheia né, ok, eu também me envergonho.
Ai depois arrumei minha própria inimiga-mortal-atual-do-meu-ex-daquela-época. E cada dia era um capítulo da minha novela, que todos podiam acompanhar em tempo real via página de scrap. E a abordagem nas festinhas passou de "me dá seu telefone?" para "Vc tem Orkut?"... Quem nunca?


Hoje é até desnecessário perguntar se alguém tem Facebook, pois até a sua mãe tem Facebook. O lado bom é que mantém velhos colegas e amigos em contato. Aproximar, acredito que não aproxima não, e em alguns casos acontece até o contrário, desaproxima. É que acostumamos a bater papo online, a mandar email, e achamos que não é mais preciso sair para tomar um café e contar as novidades. Como nos velhos tempos... é, velhos tempos.
Ai junta tudo isso e o fato de que as pessoas Orkutizaram o Facebook - ficam compartilhando fotos de violência e preconceitos, causas perdidas e sem propósito, humor que de engraçado não tem nada- e usam o Twitter para falar de coisas sem importância- isso se vê pelos Trend Topics (assuntos mais comentados) que quase que constantemente são dominados pelos fãs do Justin Bieber e Restart.


Daí eu cansei. Brochei de entrar nas redes sociais e ler tanta merda. Quis excluir umas duas duzias de nego, mas é um pouco complicado você excluir seus próprios parentes ou vizinhos. Mesmo que não falem com você na rua, se você excluir do Facebook é um absurdo!! Eles te adicionarão denovo.  E quando estiver conversando em um grupo de amigos e perguntarem sobre seu Facebook e você falar: "Excluí, não tenho mais, não me servia de nada"- Ai a galera te olha com aquele olho de lula te achando um ser de outro mundo.
Ok, eu não vou excluir nada. Mas confesso que tenho saudade das cartas. É, papel, selo e correio. Esperar ansiosamente a resposta. É.


Mas tenho uma queria amiga Blogueira apaixonada por cartas- Ana Seerig- que esta me inserindo denovo no mundo de trocadores de cartas. E além disso, o Facebook e Twitter tem valido a pena por ter as meninas do Gurias, e outras amigas que estão distantes, o pessoal do meu trabalho e claro, meu namorado.
Mas a próxima Rede Social do momento que inventarem... eu juro... EU JURO- não vou criar uma conta!!

21 comentários:

  1. Você diz que não vai criar, mas acaba criando né, eu sou assim também; vou para a internet usá-la em algo sério,mas acabo ficando horas e horas nas redes sociais ou fazendo besteiras e acabo me perdendo nas horas, quando percebo tô na frente do PC a um bom tempo. Ultimamente as redes sociais estão mesmo um saco, mas não consigo ficar longe delas, é como se estivesse em outro mundo, e ninguém me diz isso, eu sinto isso! rs' Bom, eu não sinto falta das cartas, nunca até o ano passado tinha trocado cartas com alguém, mas comecei a fazer isso, e a sensação é muito boa >< Nesse ano pretendo trocar mais cartas com mais pessoas!

    Enfim, mesmo sendo viciada nas redes sociais, ainda quero e gosto de encontros nos shoppings com os amigos, ou passeios na cidade com a família, ou a uma simples conversa na hora do jantar :}

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu também tô assim. Tô precisando me controlar.
    Agora mesmo é um exemplo, acabei de ver um filme (por volta das 03h), fui comentar no Filmow, daí olhei twitter e facebook, depois vim pra cá... e tipo, são 03:48 da manhã! Eu deveria estar dormindo, provavelmente o.o'

    Em pensar que na época do começo do orkut, eu não tinha computador em casa e depois tinha, mas não tinha internet e eu falava pros amigos que nunca faria um orkut, porque era muito inútil... depois de um tempo com internet em casa, fiz orkut, entre mais um monte de redes...

    ResponderExcluir
  3. Ah! Vi seu comentário sobre O guia do mochileiro das galáxias... olha, eu vi o filme esses dias... deram uma bela modificada na história, viu, transformaram meio que num romance :O

    Depois descobri uma série dos anos 80, que sem brincadeira, é a melhor adaptação que eu já vi! Se tiver um tempo, recomendo ver, até porque são só 6 epis de meia hora cada. Na verdade, ela é adaptação da série de rádio (que deu origem aos livros), por isso só cobre a história dos dois primeiros livros, mas é muito boa *-*

    ResponderExcluir
  4. Dayane, estou como você. Ligo o computador pra fazer algo de obrigação e vou mesmo pro FB, twitter, sem falar no tumblr e we heart it. Não da pra evitar, mas cmo vc diz tem tanta merda que vc acaba saindo fora, é o que ta acontecendo com o FB, o povo largou o orkut e foi fazer as cagadas lá no FB, comovc reparoub em no post, enfim, tá uma mercadoria. Vamos ver o que vem por aí. Ontem por ex. odiei essa frescura dessa Luíza no Canadá, falta do que fazer!!! Te citei no post.

    ResponderExcluir
  5. Dayane, estou como você. Ligo o computador pra fazer algo de obrigação e vou mesmo pro FB, twitter, sem falar no tumblr e we heart it. Não da pra evitar, mas cmo vc diz tem tanta merda que vc acaba saindo fora, é o que ta acontecendo com o FB, o povo largou o orkut e foi fazer as cagadas lá no FB, comovc reparoub em no post, enfim, tá uma mercadoria. Vamos ver o que vem por aí. Ontem por ex. odiei essa frescura dessa Luíza no Canadá, falta do que fazer!!! Te citei no post.

    ResponderExcluir
  6. Adorei o teu texto!
    Quando li o título pensei " Ah fala sério, ninguém quer isso". Mas concordo com tudo o que você falou... as coisas estão bem sem graça e as pessoas nem colocam mais coisas sobre si mesmas, ficam compartilhando fotos dos outros (não que eu nunca tenha feito isso) mas não se tem mais identidade, apenas cópias.

    Uma coisa que para o facebook já me serviu em alguns casos, é você desassinar o feed de mensagens da pessoa... assim as coisas que ela faz não fica nem aparecendo pra você, só se você for lá no perfil dela... já ajuda um pouco...

    Beijo gata
    JuhCimiano

    http://aosabordoventoo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Realmente as redes sociais inutilizam boa parte do nosso tempo...
    Mas viver sem elas é quase um crime...
    Também adoro cartas, mas ando sem tempo para escreve-las...
    O trabalho tem me consumido um bocado...
    Belo texto, Day!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi,vim conhecer seu Blog,amei e já estou super seguindo,parabêns por seu cantinho e muito sucesso aqui!

    Te convido para conhecer meu Blog e se gostar e puder seguir também,será muito bem vinda,sinta-se em casa!

    Ah,tem 2 sorteios rolando por lá,participa! :)

    http://umamulherbemvestida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Fazer o quê, Dayane?
    Qualquer mídia de comunicação vai sempre apresentar um reflexo da realidade sócio/ético/cultural da maioria dos usuários.
    E o mundo anda cada vez mais cheio de gente que vive como se não houvesse amanhã,até literalmente falando, já que estamos em 2012...
    Procuro compartilhar assuntos não convencionais, numa tentativa meio falha de dizer: EI, ACORDA!!O MUNDO NÃO É SÓ ISSO.
    Quando ouço comentários dizendo que escrevo coisas esquisitas, fico muito satisfeito, porque pelo menos alguém leu e deu um passo fora do mundo 'real'.
    Abraços.
    P.S.: Raphael, ótimo fotógrafo.Sou fã.

    ResponderExcluir
  10. Menina, a melhor coisa que eu já fiz pelo meu tempo foi deletar, de uma vez só, twitter e tumblr. Confesso que não consigo deletar o facebook embora ele me gere o mesmo problema que as outras redes, porque ele é realmente útil pra mim (apesar de existir uma parte MUITO inútil). Mas tenho conseguido achar cada vez menos graça no chat e cada vez mais graça no mundo lá fora, e acredito que a chave seja essa.
    Internet está longe de ser de todo mal. Por aqui descobri a Tati Bernardi, por exemplo - uma escritora que provavelmente jamais conheceria sem acesso a twitter e afins. E uma frase da Tati me veio imediatamente na cabeça no momento em que li o título do teu post: "Virtualmente distante, atualizando a vida real".
    A internet é ótima. A gente só precisa desenvolver auto-controle.

    ResponderExcluir
  11. Ahh Day! Ás vezes entro com muitos outros intuitos, mas é uma droga viciante, e acabamos entrando nas redes sociais. E as vezes até me esqueço e quando vejo? As horas já voaram!

    Nem preciso dizer que eu adoro sua espontaniedade pra dizer o que quer e o que sente né? Eu adoro! Continue...

    ResponderExcluir
  12. Ahhh saudade eu tenho também de receber e escrever cartas...o facebook e demais redes sociais me deixam constantemente fora do que gosto de fazer (e tenho que fazer) que é ler e escrever. Para o bem da minha futura profissão.
    Seu post me inspirou a usar as redes sociais de um modo mais moderado agora. Ao invés de várias vezes ao dia vou tentar acessar só uma. Será que consigo?rsrs
    beijooos

    ResponderExcluir
  13. Day, adorei teu texto! Tu não é a única. Também por vezes paro e penso tudo que tu escreveu aí, mas o negócio é que o twitter e o facebook me são úteis pra falar com muita gente, especialmente amigos virtuais que são capazes de mudar meu dia. Exemplo simples, é a nossa conversa eterna no facebook! Além do mais, se a gente deixa pra depender de msn pra falar com as pessoas, a gente raramente vai falar com alguns, especialmente no meu caso, que ando meio largada do msn.
    Ou seja, tudo que tenho a dizer é: assino embaixo do que tu escreveu e adoro te ter como minha nova e fiel correspondente. Há momentos que o ato de parar e escrever uma carta é capaz de mudar o humor!

    ResponderExcluir
  14. Excluí o orkut por que passava por isso, perdia muito tempo nessa rede social do que fazendo coisas que realmente interessam. Senti um alívio pela libertação do vício, mas aí inventaram o Facebook, o twitter e por aí vai...espero não abrir mais contas tbm.

    ResponderExcluir
  15. Aaaaaaaaaaaah tah, que vc não fará parte da próxima rede modinha social....

    E sim, eu poderia estar fazendo coisa muito mais útil do que estar periodicamente acessando o Facebook...

    ResponderExcluir
  16. Olá srta Dayane , obrigado pela visita ao S I L E N C E .
    estava lendo seu post, realmente as redes sociais são complicadas, imagina pra mim, eu travo uma verdadeira batalha em tentar achar pessoas que tem gostos parecidos e só vejo piadas toscas e fotos de mulheres semi-nuas , cada um tenta chamar mais atenção que o outro .
    conteúdo mesmo, NADA.
    A banda Eluveitie onde deixou um comentário sobre seu belo novo vídeo é muito boa, vem se destacando mundialmente, certamente vc vai gostar do som deles. Lacuna Coil está com um álbum ótimo também viu . Recomendo!

    Bom, por enquanto é isso! ...
    volto depois ... espero te ver por lá também ...

    Ah ... caso queira me adc nas redes sociais, rsrs...

    Até mais ... Cuide-se!

    ResponderExcluir
  17. HAAHAH Pior que dá vontade de excluir tudo mesmo.
    Pensei seriamente em excluir o orkut, mas quando deu pau no facebook esses dias por conta do SOPA e tais, adivinha pra onde eu fui? Orkut kkk

    Tenho ponderado meu uso, entro no face confiro "novidades" depois saiu.
    kk


    Um Beijo

    ResponderExcluir
  18. Nossa, arrasou, amiga. Mas sinceramente, pense num suicídio à la fim dos tempos se todas as redes sociais acabassem hahahaha O bom é que eu consigo manter o foco naquilo que eu quero quando conecto a internet. Se é hora de blogar, blogarei. De responder comentários, idem. E quando for a hora de perambular pelas redes sociais, que seja. Pra mim, é questão de tempo pra abolirem o "você tem telefone pra contato?" das perguntas de emprego para "você tem redes sociais?". Com toda a sinceridade, eu queria ter menos redes sociais do que gostaria, mas infelizmente a realidade faz com que a gente se vicie mais e mais e mais e BOOM, JÁ ERA. Caminho sem volta, vício sem volta. hahahaha

    Beijo, Day! Adorei o post e sobre as cartinhas, amo trocar cartas! Acho que desde meus doze anos trocos cartas com gente de todo o Brasil! Se você estiver interessada, me procura que a gente se acerta ;D

    ResponderExcluir
  19. Muito bom o texto, descreveu bem demais como são as coisas hoje em dia nessas redes sociais! Também me lembro da época do orkut e scraps, ficava tão feliz quando abria a página inicial e via que o número de scraps tinha aumentado...haha!
    Mas não tem jeito, acabamos mesmo sendo "escravas" das redes sociais, no meu caso só o facebook pois o twitter eu criei e deletei rapidinho, mas FB atrapalha meus estudos, meus trabalhos e tudo que eu faço na internet...rsssss!
    E agora que vc falou me lembrei que também trocava cartas e papéis de carta com pessoas que se anunciavam na revista Capricho e Todateen.....saudades dessas épocas!
    beijossss

    ResponderExcluir
  20. Disse tudo! eu tbm entro na net só pra ver emails, pesquisar textos ou escrever mas parece que uma vozinha do mal fala" FEICIBUUUUQUI FEICIBUUUQUI" Cacildes! Já deletei orkut há tempos. O Face ainda não me deu vontade de excluir a ponto de excluir, mas que as redes são um vício são.

    bjus

    ResponderExcluir
  21. Muito interessante o Blog,
    Gostei muito do que vi por aqui.
    E te convido para conhecer meu espaço, caso queira dar uma olhada, seguir..;

    http://www.bolgdoano.blogspot.com/

    Muito Obrigada, desde já.

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!