Angry!

Não entendo as sensações pelas quais meu corpo passa, à vezes. Não gosto de ficar oscilando de humor, não me sinto bem e as pessoas não me entendem. Nada me irrita em um momento e logo depois tudo pode me irritar. Sinto até calafrios e nem eu mesma me suporto.

A maior vítima é minha mãe, que fica mais tempo perto de mim. Mas eu também sou vítima dela.. Tem dias que ela está calma e logo depois fica um porre. Já percebi que o segredo é não conversarmos, pois senão, logo mudo de humor e ela também.. Minha irmã não mora com a gente, mas fica tanto aqui, que é como se morasse. E com ela a mesma coisa, tem dias que está toda sorridente, e tem dias que nem olha na minha cara. Acho que me acostumei assim, por isso sou desse jeito.

Por um lado é bom oscilar e mandar todo mundo tomar no cú sem se importar. Quantas pessoas querem mandar e ficam guardando, fingindo?


Hoje estou assim, de lua, querendo ficar só. Hoje sei porque estou assim, pois no momento em que ouvi certas palavras já foi o suficiente pra ficar de carão, me irrito até com minha pobre cadelinha. 


O ruim é não poder surtar, gritar, correr. eu queria muito... correr e não parar mais.. só correr.

Pelo menos já é tarde.. a noite me faz bem.

Curta a fan page do Penso clicando aqui e me siga no @PetitDay!!

4 comentários:

  1. Se isso ajuda em alguma coisa, eu também sofro com essas variações de humor. E depois de uma discussão com o moço por quem sou apaixonada, me sinto muito pior.

    Nessas horas me passam uma porção de vontades, como querer me isolar em casa, ligar desesperada e pedir desculpas, chorar ou descontar minha raiva no primeiro que aparecer. Mas termino calada e sem fazer nada.

    ResponderExcluir
  2. São sensações constantes! Gosto muito (muito mesmo)da forma espontânea que você escreve. Minha falta de tempo tem tomado conta de mim, estava com saudade de lê-la.

    Um beijo querida.

    ResponderExcluir
  3. Oi flor!
    Olha, eu te entendo, também tenho um humor meio oscilante e isso acontece com frequência. Acho que nós mulheres somos mais suscetíveis a esse tipo de coisa devido ao monte de hormonios que vivem fazendo festa em nosso corpo. Eu mesma tem dias que também não me suporto, que vou dormir achando que na manhã seguinte serei mais suportável. E por aí vai, alguma vezes tenho motivo pra isso, outras não...Mas enfim, não tem muito o que fazer senão esperar melhorar! Força ai...Só não desconte na sua cadelinha tadinha, ela não tem culpa! Minha dog é a única que "me entende" nessas horas! rs
    Beijão!

    PS: Sobre o que vc me falou em relação ao post que eu deletei, obrigada viu, foi muito bom saber que não é só no meu relacionamento que ocorrem essas "fases" estranhas. Eu acabei deletando o post pq o assunto "se resolveu" no dia seguinte aí pensei que não faria mais fazendo sentido aquilo que escrevi, hehe. Me sinto um pouco mais segura agora que percebi que essas coisas fazem parte. =P

    ResponderExcluir
  4. Eu era daquelas que guardava tudo, cheguei em um ponto critico. E surtei, Sim eu fiquei extremamente fora de si.
    Comecei a chorar, gritar... minha mãe ficou em estado de choque, pois ela nunca tinha me visto assim.

    Foda-se, essa foi a unica forma que encontrei de ficar leve u.u

    Um Beijo.
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!