"Não tenho amigos porque namoro"

Tem gente que não confia no parceiro, e acaba por levá-lo a se afastar das amizades antigas, tudo por causa de ciúmes ou seja lá o que for. Mas quem faz isso só não é pior do que quem se submete á isso, pois acho que em um relacionamento você precisa se impor ás vezes e não fazer tudo o que seu namorado impõe, pois um dia quando acabar o relacionamento, você ficará solteiro e sem amigos. Eu sou ciumenta, mas antes de tudo, confio no meu namorado. Meu ciúmes chega á ser cômico, e não trágico como de tantos por aí.

Dito isto, vou lhes contar uma história real: 
Raphael é um cara que faz amizade fácil. Ele sabe escutar, é analítico, não faz julgamentos e é justo. Não importa se é a mãe dele, namorada ou inimigo, Rapha é sempre justo. Ele é o cara que escuta seus problemas, te ajuda da forma que puder ajudar, te manda um presente que é a sua cara no seu aniversário, te liga periodicamente para saber como você está, e o melhor: ele não quer te comer (embora saiba como fazer isso!). Rapha sabe ser amigo, e acredita na amizade homem x mulher, e por isso ele tem muitas amigAs. Isso faz com que Rapha tenha muitos problemas com namorado de amiga, pois podem vê-lo como uma ameaça, e já foi vítima de ataques de ciúme de namorados que não se garantem. Mas a pior de todas as decepções aconteceu em 2009. Rapha tinha uma amizade há mais de três anos com uma garota que nem morava na mesma cidade, e um dia o namorado da garota implicou com ele por causa de um scrap mal interpretado no Orkut. Falou merdas pro Rapha, que não quis ficar quieto, e revidou. O cara terminou com a namorada. A namorada, "amiga" de Rapha, o culpou pelo fim do namoro com o chiliquento e parou de falar com Rapha, e até o excluiu das redes sociais. Acabou com uma amizade de mais de três anos, uma história, por causa de um otário sem autoconfiança. Eu vi a decepção nos olhos de Rapha, que jamais esperava uma atitude dessa de alguém que considerava tanto e confiava, que álias, toda metida a feminista - garotamá.com- , na hora do vamovê, fica de quatro por causa de ciúmes de macho. Tsé Tsé.
Eu vejo esse futuro pra mulher submissa de hoje, rs
Pois bem, meses depois, quando terminou o namoro com o ciumento, vejam bem, só e somente depois de terminar com o cara, ela procurou Rapha para pedir desculpas. Ele expos de forma firme seu ponto de vista, reprovou a atitude dela, mas com o bom coração que tem, Rapha considerou as desculpas, escutou os argumentos e retomou a amizade com ela. Eu protestei pois não concordava (e não concordo até hoje, se querem saber), que ele tenha a desculpado, pois acho que ela é do tipo que na teoria é feminista, mas na prática é submissa, diz e escreve pra ele coisas lindas, mas na hora que deveria provar essa amizade toda, esse amor todo... Puft! E que tipo de namorado termina com você por causa de uma amizade de anos, e só volta com você se você parar de falar com o amigo? É nisso que se baseia esse amor? Por isso mesmo que não durou... Mas Rapha a defende dizendo ser jovem demais, que mulher apaixonada faz essas coisas, que devemos saber perdoar, blá blá blá..
Rapha é meu namorado, e talvez isso justifique porque tomei as dores dele. Não gosto nada de saber que é essa atitude que ele recebeu em troca, ele que se dedica tanto aos amigos, que jamais deixaria um amigo (a) se eu ameaçasse terminar tudo (e olha que sou ciumenta), e que ainda tem que se decepcionar com gente imatura / submissa. Rapha não é do tipo que merece essas coisas.
Ainda essa semana aconteceu de novo. Uma "amiga" de Rapha, do tipo de amizade que me causava ciúmes (leia-se, carinho demais, declarações demais), o decepcionou. Acontece que ela começou a namorar, e há alguns meses a garota sumiu, e Rapha a procurou nas redes sociais e resolveu ligar pra ela. Eu estava ao lado e o diálogo foi assim:
- Por favor, fulana?
- Quem é?
- Raphael, amigo dela.
- Não está.

Rapha, que é esperto com essas coisas, desconfiou que o cara era namorado dela e não queria passar o telefone por cíumes. Logo ele me vem pedindo pra ligar pra ela (nos conhecíamos por Orkut). eu? Nãããão. Mas ele achou que seria divertido fazer essa pegadinha. Então, eu liguei, e a teoria de Rapha se comprovou! Falei que era a Dayane e ele foi chamar a fulana! Rimos muito. E eu passei o tel para o Rapha. Ao atender e se identificar como o Rapha, ela diz: "Raphael? Que Raphael? Não conheço". Rapha diz que era do orkut. E ela continuou negando. Sim, a menina teve a cara de pau de negar um amigo, que meses antes dizia que amaaaaaava e sentia saudades enoooormeeeees, por causa de um namorado ciumento. No momento Rapha riu, agiu com sarcasmo, até falou ironicamente para ela que deve ter errado feio o telefone. Mas na verdade, ele se decepcionou. Mais uma vez o meu Rapha foi decepcionado por uma submissa otária, que um dia irá perceber que os amigos verdadeiros existem, e todos nós precisamos de amizade na vida, e que um macho que provávelmente não confia nela, ao ponto de afastá-la dos amigos, se encontra em qualquer esquina. Sim, acho que homem ciumento, que não se garante, e que não confia na mulher, e provávelmente deve ser daqueles ogros que só faz um chamego quando quer meter, são os mais fáceis de encontrar e esse tipo de relação não dura, pois é superficial. E amizade verdadeira sim é coisa rara e difícil de encontrar. E que é as probabilidades de se encontrar um amigo como Rapha são proporcionais as de se encontrar um namorado como Rapha. Como o raio caiu no meu quintal, eu procuro dar valor o máximo possível, porque antes de conhecer o Raphael namorado, eu conheci o Raphael amigo, e espero que se um dia o namoro acabar, ainda permaneça a amizade, pois hoje em dia, é difícil encontrar amigo generoso, que não espera nada em troca, que é sensível ao ponto de te entender sem muitas palavras, que tem paciência e sabe te escutar, que não nega ou troca os amigos, mesmo que em situações de difícil escolha. É desse tipo que Rapha é.

Ps: Aproveitando para divulgar a minha nova parceria, com umas figuras que vocês devem conhecer: Ana Seerig, Babizinha, Erica FerroAline Araújo e Rebeca Postigo, todas velhas de guerra na Blogsfera. Estamos com um novo Blog, se chama Gurias Arretadas, a proposta é reunir meninas de diferentes lugares e culturas, por isso a diversidade. Acesse e veja nossos textos, opniões e gosto aqui;
Conto com vocês.

19 comentários:

  1. Olha, é tão triste que chega a ser cômico. Essa coisa de ciúmes não leva ninguém a nada, é o que acho. Se eu tenho ciúmes? Um pouquinho, né? Acho que todo mundo que ama tem nem que seja um tantinho de nada. Mas daí a ignorar as pessoas, negar amizade pra evitar briga? Nã! Namorado não é dono, é só um amigo com 'regalias'. rs Gente que ignora pessoas por causa do parceiro merece, sim, ficar é SOZINHA! =P

    Que post bacanaaaaaa! Adorei.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkk, Dayane!! Amei seu texto do começo ao fim, sarcástica, irônica, real.
    Já te disse, gosto de gente que se lança sem que o julgamento alheio seja empecilho para o seu existir, seu exppressar! Não me comovo com espantalhos enfeitados, que vivem rejeitando seus lados sombras, querendo apenas "ser bonzinho da história". Somos assim mesmo, um pacote completo: raiva, amor, ódio, esperança, inveja, solidariedade, etc... complestos na incompletude.

    Olha, as "chiliquentas" que vc descreve parecem gostar de um cara que as submeta- os ogros (ma-ra-vi-lhosamente adjetivado)... Infelizmente, há pessoas que são tão carentes que chegam a ser pobres, que não existem para satisfazer as vontades dos outros. Meros objetos. É de dar pena.

    E guria, no orkut (etcetcetc)todo mundo eh lindo, todo mundo se ama, td mundo tem mtaaaaaaaa saudade, td mundo marca de sair... e nada. Nada mesmo- paparicos sociais e distanciamentos humanos. O povo não quer entrar em contato com a realidade (cada vez mais), com gente de carne e osso, pq isso implica em sentir de verdade, e sentir dói. Na vida real vc nem eh tão bonito, vc nem eh tão legal, vc nem eh tão inteligente, tão bacana... isso eh parte do imaginário. Uma coisa eh parecer outra eh ser!

    bahhh, eu falo hein!!!! me expulseee senão eu não páro hehehe

    Dayane, o fato eh que gostei mto da sua originalidade!

    bjaum

    ResponderExcluir
  3. Cara, como eu acho ridículo essa história de deixar amigos por um namoro.
    Ando com uma questão parecida, mas aí não é nem questão de ciúmes. Seguinte:
    Uma amiga minha namorou um cara muito tempo, brigaram milhões de vezes, sendo as brigas temperadas por grandes xingamentes (verdade!). Eu, depois de certos resmungos virtuais, nem olharia mais na cara do benedito. Mas, minha amiga, foi e voltou várias vezes.
    Terminaram e não voltaram. "Ufa!", pensei, "acabou mesmo". Mas, depois de uns meses voltaram. Supostamente, nesse meio tempo, uma das nossas amigas, se fresqueou abertamente pra ele no msn. E agora a namorada dele não quer enxergá-la nem pintada.
    Aí, que em vez de falar diretamente com a guria, como deveria em respeito a uma amizade, apenas a evita. E cá estou eu sem poder ter as duas juntas e fingindo não saber porque uma não tem mais notícia da outra. E tudo isso por um cara que chamava a namorada de tudo que era coisa em uma briga.
    Aí eu pergunto: em que mundo nós vivemos? Que amizades e relacionamentos são esses?

    Putz, como eu odeio tudo isso.

    ResponderExcluir
  4. Não podemos ver a amizade e o namoro como algo radical assim, concordo. Sempre haverá ciúmes de ambos, porque eu namoro e sei que existe. Não? Temos que saber dividir os momentos. Tempo da amizade e o tempo de namorar. Saio com minhas amigas de vez em quando, e ele como é mais fechado que eu quase não sai com os amigos. Mais nunca obriguei a ter tempo só pra mim. Existiu uma amiga dele que na verdade só queria estragar o nosso namoro. Percebi logo, isso não era amizade. Temos que ver isso. Muitas só querem aproximar pra cuidar da vida, fazer ciúmes, ainda mais por ser de amizade feminina. Mais saber controlar e levar o namoro bem, respeitando um ao outro (porque essa coisa de amizade exige muito respeito) e confiança, porque sem ela não dá.

    Day, gostei do post. Você é sensata! Gosto do jeito como você opina, defende, esclarece. Revê detalhes e põe na boa escrita. Beijo, Ana.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, comentei essa história de deixar amigos pelo namorado ainda essa semana com o meu irmão, afinal, como vc disse, vai que algo dá errado...Bom, no meu caso, eu não me importo e até incentivo meu namorado com os amigos dele, mas em relação a "amigas" não gosto muito que ele tenha pois sei como mulher é na hora da carência, a não ser uma amiga dele que tem namorado, essa não ligo, mas as solteiras não curto que ele tenha, felizmente ele é anti social então não tenho muito esse problema...mas meu namorado é bem ciumento, só não liga para os meus amigos homens-afeminados (tenho dois), mas quando se trata de amigo homem que é homem ele não gosta muito...apesar de achar que na história do seu namorado as amigas dele deram uma grande mancada agindo dessa maneira...mas sei lá, quem sabe se meu melhor amigo fosse homem eu conseguisse entender melhor isso...hehe...
    Bjão

    ResponderExcluir
  6. Primeiramente, não acredito em amizade, muito menos de homem com mulher,a menos que o cara seja feio e/ou gay. Mas depende bastante da faixa etária dos pombinhos, da ilusão que se tem sobre a amizade.
    Mas fora isso, se a pessoa tem um grande amigo - e nisso devo admirá-la porque amizade sincera eu só tenho com meu cachorro... - ela tem de fazer por onde não perdê-la, afinal namorados vem e vão...
    Uma grande amiga minha começou a namorar recentemente, e afastou-se como de costume, e é natural nos dedicarmos a pessoa que amamos, deixando os amigos um pouco de lado, além do que é possível que, um dia, todos iremos nos casar, assim nos encontrando apenas em festinhas de crianças e olhe lá...
    Carinho, chamar de amor, benzinho, amigo não chama assim. Acho que esse seu amigo sempre quer tirar uma casquinha das amizades que tem... Malandro é malandro... haha

    Beijo doce a você!

    ResponderExcluir
  7. Minha visão das coisas : homem pra ser considerado amigo tem que ter sido reprovado nos testes para ser qualquer outra coisa (independentemente dos motivos) portanto o ciúme não se justifica.

    ;)

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  8. Sei bem como isso funciona, uma vez até deixei de lado uns amigos por causa de um "namorinho" só que no final das contas quem estará lá para você será o seu amigo, depois de tudo ele me recebeu com as malas o meu lugar no coração dele continuou ali. Aprendi muito com isso e hoje em dia quem queira que venha estar ao meu lado vai ter que aceitar a bagagem de amigos. Pois namoros passam, amizades não.

    ResponderExcluir
  9. Obg pela visita no meu blog =]
    Vou lhe visitar mais vezes =DD
    bjoo

    ResponderExcluir
  10. Sambou na cara da society, Day! Pelo amor, como é que pode alguém ficar tão submisso a alguém a ponto de esquecer amizades que tinham mais de anos? Meu pai amado, não dá pra entender. Eu nunca fiz amizades com meninos, não amizade pra valer, de confessar as coisas e tudo, mas com meninas, eu era disputado pra ficar perto delas e aconselhar. Os namorados da maioria delas tinha muito ódio de mim, um deles chegou a me ameaçar, dizendo que ia me bater e tudo, pode isso? Por conta de ciúmes sem motivo, os namorados fizeram o inferno nas minhas amizades com as namoradas deles e no final das contas, conseguiram destruir boa parte delas. Inclusive cheguei a discutir com um deles no colégio, maior onda ;O Não deixava minhas amigas comprometidas esquecerem que tinham amigos, não. E se os namorados delas reclamassem, o problema não era meu. Não vou deixar de falar com ninguém só porque tá namorando. Agora se a menina vier com essa de cortar relações porque namoradinho não deixa... Ih, essa daí não merece meu respeito tampouco minha amizade.

    ~~ESCREVI UM LIVRO? KKK~~

    Adorei seu post! Me identifiquei peeencas com o Rapha, inclusive já passei por uma situação bem parecida com essa dele, caso pra eu te contar num outro comentário porque esse daqui vai ficar ainda maior, hahahaha

    Beijo, sua linda! Arrasou no post!

    ResponderExcluir
  11. Oie!!
    Adorei seu post! Realmente acontece muito! Já fui essa "fulana" e também já passei por uma situação parecida com a do seu namorado!
    Hoje penso da seguinte forma: Somos pessoas e não estamos livres de nada. Ciúme existe sim, mas não pode afetar a vida de nenhum dos dois, pois criar dependência afetiva por não ter amigos é horrível.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Um relacionamento
    infelizmente
    nao pode ser
    considerado
    sinônimo
    de
    liberdade.

    ResponderExcluir
  13. Nossa, coisas assim acontecem, e toda relação tem suas complicações....

    ResponderExcluir
  14. Gostei muito do texto, tive um namorado assim, e terminamos também porque ele não queria que eu vivesse :(
    Obrigada por me seguir, seu blog é muito bom! \o/

    ResponderExcluir
  15. Confesso que deu preguiça de ler, mas eu guardei minha preguiça no bolso e ela morreu ali, de boca aberta perante um texto tão fluido como o teu.
    Também sou muito ciumenta, mais do que deveria por acreditar que ninguém é dono de ninguém, mas sou humana, né? ._.
    Não jogo meu ciúme em cima de ninguém, como esses namorados machões aí que você descreveu, deixo ele guardadinho em mim, chorando, e só divido se me machucar muito e for algo concreto, real, e não uma paranoia da minha cabeça.
    Graças a deus nunca tive problemas desse tipo e espero nunca ter. Não sei se saberia lidar racionalmente.

    ResponderExcluir
  16. É difícil manter uma amizade quando uma das partes começa a namorar. Já tive uma amiga que me afastei por conta do namorado chato e ciumento.

    ResponderExcluir
  17. Me identifiquei muito com seu post. sério, muito bom

    ResponderExcluir
  18. Muito eu esse Rapha! Minha namorada psicopata dos ciúmes, de acordo com ela eu não posso ter amizades que nao sejam profissionais, logo eu que adoro lidar com pessoas e aprendo muito com isso! Eu tenho paciência para parar e explicar, e se da como resolvido no momento, porem em outra oportunidade a frente surge o mesmo assunto! A desconfiança não tem fim! É irritante demais! Tenho amizades tanto masculina e feminina porem nenhuma delas, mesmo eu explicando, não adianta, pois as minhas palavras não a alcançam! O que fazer? U.u

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!