Sobre Oscar, Cisne negro e outros.

Confesso que já faz muito tempo que não acompanho mais o Oscar- e que não acredito nele. Tanto se ouviu falar de Cisne Negro que foi uma surpresa não ter levado mais estatuetas. Mas, como todo ano, é preciso eleger um filme para ser trabalhado comercialmente e a bola da vez foi Cisne Negro.


O filme me surpreendeu, é espetacular a entrega de Natalie Portman para o papel da bailarina, a introspecção da pesonagem, os medos, as loucuras e obsessões, a luta pelo papel dos sonhos, e por ser a melhor das melhores no que se faz. Por vezes confundo a realidade com a imaginação da bailarina. Por vezes se confunde a docura e pureza do cisne branco, com a sensualidade e intensidade do cisne negro. As cenas quentes de  Natalie com Mila Kunis (como ser hétero num mundo com essas duas), bem interpretadas. A entrega de Nina à rainha dos cisnes é proprocional à de Natalie ao papel de Nina. Só posso dizer que o Oscar de melhor atriz foi mais que merecido. 



Agora, O discurso do Rei foi o grande vencedor, 4 estatuetas? Sim, é um filme muito bom também! Imagine a dificuldade interpretar um gago. Só não posso opinar muito pois não vi todos os filmes concorrentes. A Origem também é outro filme que já era de se esperar muitos prêmios, tudo bem que, na maioria em categorias técnicas, que nós, enquanto público, não nos apegamos muito. 

Mas a melhor maquiagem para Lobisomem? Não concordo, poxa, o Anthony Hopkins estava mais para cachorro do que Lobisomen, tinha os pêlos do rosto louros e tudo.. Hannibal Lecter me assustava mais, rs. Mas, quem sou eu para discordar do Oscar! (ironia) 
Achei que Alice in Wonderland mereceu melhor figurino (suspeita pra falar) e acho que deveria ganhar mais, hunf.
E acho que Hans Zimmer merecia a melhor trilha sonora né, suspeita pra falar denovo!






Ps: Post saiu tarde demais, mas é que só agora tive vontade de escrever, é.

10 comentários:

  1. Dayane, na verdade eu espero muito assistir ao filme Cisne negro e espero mais ainda que valha realmente a pena, porque a maioria das resenhas que tenho lido a respeito, só tecem elogios, também quero ver o discurso do rei, apesar da presença da Helena Bonham Carter, atriz que detesto, mas o Colin, com certeza vai fazer valer a pena.
    Concordo com o que vc falou lá sobre carnaval. Bom feriado e vamos ver filmes!

    ResponderExcluir
  2. Acho que Cisne Negro vai para a minha prateleira de videos (quando sair em DVD)...

    Fique com Deus, menina Dayane Pereira.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus, tanta coisa pra ler e tão pouco tempo!!
    Saí do ar por um tempo, mas estou de volta.
    Quando der posto algo lá no blog, mas por enquanto, só passei pra visitar.
    Até outra hora.

    ResponderExcluir
  4. Carnaval. A Lua abre o desfile na passarela do céu. Estrelas se fantasiam de brilho, deixam rastros luminosos no firmamento, poeira prateada que se perde na distância infinita. Há o silêncio do espaço sideral, a quietude dos jardins e o ritmo de cuícas, tamborins e pandeiros. A vida palpita na terra e no mar, o choro fica para depois. A hora é de alegria, de esquecer as tristezas e foliar. Alegria, alegria, tristeza é pecado.

    Bom feriado, Dayane!

    Bjos

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  5. estou pior que você, eu nem assiti os filmes, nem Alice!

    ResponderExcluir
  6. To loka para assistir esse filme ainda não vii,amei o blog ja estou seguindo bjos.

    ResponderExcluir
  7. Esperava mais do discurso do rei, não achei que mereceu ganhar tantos prêmios.

    ResponderExcluir
  8. Olá,interessante postagem sobre os filmes.O cisne negro merece ser assistido e debatido a partir do que representa na figura da mulher.Achei extremamente interessante.Passei aqui para deixar-lhe um abraço pelo DIA INTERNACIONAL da MULHER!

    ResponderExcluir
  9. Olá Dayane...

    Hoje é o Dia Internacional da Mulher e quero homenageá-la, como também a todas as mulheres que participam do seu blog...

    A mulher sintetiza toda a beleza existente no universo que conhecemos, mesmo porque todas as coisas belas do nosso mundo são femininas. A mulher reúne no seu ser todas elas. Tem a formosura da lua cheia a clarear as veredas por onde caminham os românticos, a majestade das estrelas, das praias e das matas.

    A mulher possui ternura, graça e luz interior que ilumina nosso caminhar, anima-nos a prosseguir na jornada em busca das flores do futuro. A mulher é vibração, poesia, arte e magia. É mãe, é esperança, é a própria essência da vida, a vida que se renova.

    Espero, sinceramente, que as mulheres revolucionem nosso planeta Terra, contagiando com sua peculiar sensibilidade, todos os homens, embrutecidos por um comportamento falido e, praticamente ultrapassados, em suas posturas machistas.

    Nossas homenagens à mulher, a grande deusa de nossa existência, a ela a nossa reverência e o preito de gratidão pelo que nos ensina e incentiva, e as palmas mais vibrantes. Ela merece os aplausos.
    Viva a mulher!

    Beijos a você e a todas as amigas deste espaço!

    Edward de Souza

    ResponderExcluir
  10. Não posso falar muito sobre, pq desses daí só vi a Origem e, nossa, é muito bom! (ainda mais quando se é um tiquinho nerd XD) e Cisne Negro vou ver (hoje ainda *-* HAHAHA').


    -


    É... a gente não pode deixar o coração nas mãos do outro, por mais difícil que isso seja, não é!? :)



    :*

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!