Onde devo estar.


Com meu livro e fones de ouvido, no ônibus, eu tenho pensado. 
Tenho pensado que nesses ultimos meses, não tenho achado motivos pra reclamar da minha vida. Claro que nem tudo está do jeito que eu queria, a começar pelo emprego, mas nem isso tem me estressado tanto. As coisas não mudaram tanto do ano passado pra cá, o que mudou foi a minha forma de vê-las. Sempre senti um certo prazer no sofrimento, em me lamentar, com este comprotamento autodestrutivo, gostava de ir pra cama mais cedo pra ficar pensando, me lamentando, chorando. Mas isso mudou, os problemas são os mesmos, o ponto de vista é outro. 
Já reparou que que quando o coração vai bem, todo o resto parece fazer sentido? Você pode estar com a vida do jeito que sempre sonhou, mas se faltar amor, parece que falta tudo. Se seu coração está bem, você encara os problemas do dia a dia com outra visão. O humor melhora, diante dos problemas você imagina que poderia ser pior, poderia não ter ele(a)... Mesmo que não tenham tanto tempo para estar juntos, vocês tem um ao outro, e isto basta. É onde você sempre quis estar, seu ponto de equilíbrio... É algo que poucos irão entender, mas me faz pensar como o mundo dá voltas, e como ele nos põe no nosso devido lugar. 
Isso é algo que todos devem sentir, pelo menos uma vez na vida, mas é algo que algumas pessoas, mais mesquinhas, mais frias, mais insensíveis jamais irão sentir, pois felizmente, há coisas que seu precioso cartão de crédito não pode fazer por você.

Ao Rapha, que me faz sentir que achei meu lugar no mundo. 

Curta a Fan Page do Penso aqui e me siga no @PetitDay !

25 leram, refletiram e opinaram:

Rick disse...

Tão romantico...

Anônimo disse...

Engraçado mas é verdade quando estamos do lado de alguém que gostamos ralmente as coisas ficam mais leves e faceis de se levar.
Viva ao amor!!
bjus

Raphael Nara disse...

Minha linda Daay...
Espero que você continue assim
Se sentindo no seu lugar, amada e considerada.
Adorei o post e eh exatamente esse o meu objetivo sempre, fazer vc se sentir bem!
Te amo
Bjus

Lud disse...

own *-*
acho que o maior problema não é exatamente a falta de amor. Quando ele falta é como recuperar a sanidade por um tempo. O problema é na verdade o excesso de. Aquele amor demais que sufoca, que distrai, que dá vontade de atirar coisas na parede e de ser egoísta.

Clara disse...

"Há coisas que seu precioso cartão de crédito não pode fazer por você" Que alfinetada, heim? oO

Concordo plenamente com vc e me sinto numa fase parecida da vida: Mesmos problemas, mas uma forma de encarar nova, o que tem me dado esperanças.

O amor nos faz sentir muito mais fortes e esse é um dos motivos por que não abro mão, mesmo com todas as dificuldades de um relacionamento, de ter alguém ao lado pra sempre. rs!

Leon K. Nunes disse...

Serve para entendermos como a maioria das coisas que nós sentimos são reflexo direto de como nós estamos. A nossa percepção de mundo também. A nossa maneira de nos relacionar com as outras pessoas, também. Essa segurança interior pode ser fruto de algum bom momento, de uma conquista, quando se está apaixonado, algo assim, ou pode ser fruto de autoconhecimento mesmo, de atitudes nossas com o propósito deliberado de fazer um "limpa" dentro de nós. Autoconhecimento é o segredo...

Lilly M. disse...

Olá
tem um desafio pra você lá no meu cantinhoo...
meninaapenas.blogspot.com

Beijo meu!

Any disse...

Que lindo!

Buba. disse...

"Mas se faltar amor, parece que falta tudo". Ultimamente, me anda faltando tudo. Principalmente um amor.

Natália disse...

Independente dos nossos sentimentos serem despedaçados o tempo inteiro, não temos mesmo do que reclamar, afinal temos saúde e esperança para seguir em frente de cabeça erguida e realizar nossos sonhos. Beijo

Leon K. Nunes disse...

Olha só, vim comentar aqui mas quando vi já tinha comentado... rs...

Então aproveito e agradeço pela visita e comentário lá no Literatura Vil. E Treminhões são carretas enormes, geralmente com duas, três ou até mais cargas atrás. São gigantes, parece um trem mesmo...

Segue uma foto pra ilustrar.

Luna Sanchez disse...

Sim, a gente (eu, por exemplo) tenta negar o romantismo mas a verdade é que um coração preenchido torna tudo mais leve e bonito!

=D

Beijo, beijo.

ℓυηα

Aмbзr Ѽ disse...

amar é mesmo terapêutico... adorei.

Aмbзr Ѽ disse...

amar é mesmo terapêutico... adorei.

Ana Seerig disse...

Mudei meu ponto de vista há um tempo atrás e cada vez fico mais feliz com ele. Não, não posso dizer que foi alguma influência romântica, não, foi apenas uma análise de mim mesma e sua consequência.

Mudar o ponto de vista é tirar a monotonia da vida, buscar o melhor, crescer como pessoa.

=]

Clara disse...

Muito bem dito...Tambem acho q as vezes a vida nao muda mto, mas a maneira com que olhamos para ela pode fazer toda a diferença...E nao posso concordar mais quando vc fala sobre o amor, o amor muda tudo, um grande amor muda tudo...=]

Leandro Kerr disse...

Amar, amar e apenas amar.. isso é viver.. ;D

Thaís disse...

O amor é tão lindo! Concordo com você, se o nosso coração está bem, tudo estará bem. Afinal, o amor é contagiante!

Adorei o blog! Beijos :*

Mikaele Tavares disse...

É sempre bom quando nos damos a oportunidade de poder lhar a vida de outro jeito, que bom que Rapha fez isso com vc =)

Mariana Romariz disse...

O ponto de vista muda quando a gente está apaixonada, completa talvez. Mas não precisa ser algo vicioso, inevitável, basta ver que a vida tem dois lados, você escolhe qual ver, o bom ou o ruim. Beeijo.

Aмbзr Ѽ disse...

desejo antecipadamente feliz natal e um otimo ano novo, estou saindo de férias, mas vou tirar muitos momentos para ler vc. abraços.

http://terza-rima.blogspot.com/

Anônimo disse...

Adorei!
Seguindo!

Natália Pedroso disse...

que lindo, realmente quando estamos em paz com nosso coração td parece que vai bem.. mesmo q sejam os problemas mais fdp q possamos ter.. se nos amarmos em primeiro lugar o resto a gente da um jeito.. gostei do blog flor to seguindo.. bejokas!

Whisky disse...

Realmente... as coisas mudam qndo estamos do lado da pessoa amada...

Muito legal seu blog,
parabéns!!!

Anônimo disse...

Parece que estamos sentindo igual...
também tenho um Rapha que me faz bem!
Um lindo dia pra ti!
Um grande beijo!