Ser igual

Numa sociedade onde qualquer babaca quer virar celebridade, a figura do “ninguém” sempre me pareceu o melhor modelo de vida. E aqui não vai nenhuma pretensão estilosa do tipo “é legal ser diferente”. Porra nenhuma. O que eu penso é que simplesmente “ninguém precisa ser igual”.



Charles Bukowski

16 leram, refletiram e opinaram:

Taw disse...

é impossível ser igual, na minha opinião... nem os clones conseguiriam...

Hum... tenho imaginado que nessa sociedade, a maioria das pessoas buscam e criam semelhanças, porque se sentem frágeis e querem se sentir mais fortes e protegidas...

é como eu penso.

Solange Maia disse...

porque no fim das contas ninguém é realmente igual...

não gosto dos padrões...
dos modelos...

ser igual é chato !

beijocas

Juh Lima disse...

Não é questão de ser igual ou diferente. Se a humanidade é igual e é uma coisa bacana de viver, não há necessidade de contrariar a própria essência. No final das contas, o que vale mesmo é ser feliz.

Abs.

Raphael Nara Pereira disse...

As pessoas buscam ser "iguais" pq buscam serem aceitas dentro da sociedade...

Não são seguras de si pra seguir os padrões que sua consciência dita

Preferem, mesmo que infelizes, se proteger na sociedade, atendendo aos padrões que ela impõe

Mas a sociedade que impõe é a mesma que muda esses mesmos padrões com o tempo...

Taw disse...

"Mas a sociedade que impõe é a mesma que muda esses mesmos padrões com o tempo..."

permita-me... mas os que criam e modificam os padrões e tentam estabelecer novos não são pessoas da sociedade, pelo menos não são homogenizados nela, se é que estão nela, são super ricos, daqueles que você nunca encontra na rua, nos bares, nas praias, pois as praias que eles vão é particular... e eles estão satisfeitos com suas "panelinhas", etc...

mas até que tem padrões que vem do povão... mas não são a maioria, na minha opinião.

Sarah Elisa disse...

O legal é ser eu mesma! ter atitude de ser diferente de todos!
beijos
http://talvezsejaaki.blogspot.com/

Mariana Amorim disse...

Ah por isso ainda prezo pela singularidade e a discrição. Do resto acho desnecessário.

C. Azevedo disse...

E ai, pequena?

Admito que é a primeira vez que passo por teu blog, gostei bastante!

Pensamentos do Velho Buk são míticos, parabéns pela escolha,é a minha maior referência. Como não gostar de alguem que escolheu para si não carregar nenhum adjetivo?

Penso como ele, não preciso carregar "bandeiras" sou eu e isso é o bastante.

Até, bom trabalho!
;D

C.Azevedo
www.ograndeurso.blogspot.com

Leticia disse...

Cada um é cada um...claro que as pessoas procuram ser iguais através da moda e etc, mas no interior de cada um existe uma outra pessoa...isso é que importa ;

Dayy, adorei seu blog e te desejo mto sucessooo por aki, de verdade xD

SE puder me faça uma visitinha ;) beijosss

Thiago Nalli disse...

Por ser igual e o melhor de tudo é ser reconhecido por ser o diferente?
Que graça teria se todos fossem iguais? como diferenciar um do outro?

Acho legal cada um ser ele mesmo, nada de iguais, afinal precisamos das metades diferentes para formar um TODO.

E Babacas querendo ser celebridade? ou seria a celebridade que se torna babaca? rsrsrs

Gostei do Blog. Já esta em meus Feeds.

O gerente disse...

Se voce gosta de Charles Bukowski, eu tambem gosto de voce

beijos!

Babizinha disse...

Todo mundo solta a mesma frase, mas a autenticidade tem se perdido no tempo. Até a personalidade o caráter tem se adapatado às épocas; não é mais uma questão de estética e visual, tudo se padroniza até vir uma nova "onda" e mudar tudo e todos novamente. Difícil dizer o que é original e o que é cópia hoje em dia...

Obrigada pela parabéns! E você faz/fez aniversário quando?

Beijos
:*

Naírla Silva disse...

qual a graça de todos serem iguais???
as pessoas tem q serem mas autenticas.
bjos
seguindo

Naírla Silva disse...

ahh outra coisa, vc falou sobre ter o cabelo vermelho, entõa já q é bem preto é melhor vc pintar no salõa, começar com mechas e ir avermelhando ( existe essa palavra ? rs ) aos poucos.
bjo

Mikaele Tavares disse...

Sabe, eu acho que o legal é ser vc mesmo e pronto. Seja qual jeito for.

Ah, valeu pela participação no quadro Dando Pitaco. Espero que sempre possa participar e fica o convite.

Beijos

Jônatas Amaral disse...

É, mas é tanta gente querendo ser diferente que no final as semelhanças são inegáveis... tem modinha maior do que a luta pela originalidade a qq custo?