Eu podia tá matando.

Eu sempre pensei se dar esmolas era uma atitude errada. Se com isso eu poderia estar alimentando essa prática, e desencorajando os pedintes de procurar uma outra fonte de renda, um trabalho. Mas também não podemos esquecer que o mundo não é igual, as oportunidades para uma pessoa negra não são as mesma que uma pessoa branca, para uma pessoa rica e uma pessoa pobre, etc.
O que mais me sensibiliza são pedintes crianças. Lugar de criança é brincando e estudando e não trabalhando, seja de que forma for. E criança é criança em qualque lugar do mundo.
Outra coisa que me sensibiliza são deficientes físicos. Por mais que eles possam trabalhar, hoje em dia as coisas estão mais fáceis, mais acessíveis... mas ainda me sensibiliza vê-los nessa situação.
Hoje entrou um deficiente no ônibus. Distribuiu seu papelzinho de mão em mão. E como toda vez, eu não paro de pensar que será uma especie de boa ação do dia ajudá-los. Mas na maioria das vezes não ajudo. Pensei, pensei e não dei nada para o pobre homem.
O ônibus quebrou, descemos todos e logo chegou um ônibus que servia pra mim. Entrei, e logo atrás o pedinte deficiente. Sentei ao fundo e lá veio ele entregar seu papelzinho pra mim novamente. Não peguei o papel. Peguei algumas moedas que tinha na carteira, e dei a ele. 
Duas vezes ignorá-lo não é do meu feitio.
Talvez não seja a atitude certa dar esmolas.
Mas por ora, segui minha viajem de consciencia tranquila.


Por Dayane Pereira.

11 comentários:

  1. Axo q as x nem é tipo por vontade e qlqr tipo de pessoa vá pedi esmola...

    E sim por ñ ter nada a ser feito, e por ter pessoas q ñ vejam a realidade do mundo q por mtas x vimos do lado d fora do nosso caste-lo...

    Mais os governantes são os q podem fazer algo...

    O q nos reta é esperar e eles acordem....

    ResponderExcluir
  2. Brasil- país da esmola
    Veja o Bolsa Família
    hehe
    !!!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. obrigado pela visita ao meu canto

    ResponderExcluir
  4. Pode ser que com essa eleição alguma coisa mude, ou melhore.. por tanto cuidado com seu voto!
    eu ainda tenho esperança, pois a esperança é a última que morre!
    gostei do post, penso muito a respeito da miséria do mundo.. pena que mesmo ajudando com aquela poucas moedas não podemos mudar situação nenhuma, porque pedir dinheiro na rua é um ciclo vicioso, quanto mais lucra mais vai, ótimo é quando eles pedem para comer, ruim é quando pedem para usar drogas :/
    :*

    ResponderExcluir
  5. Nossa, eu tbm sou assim, fico pensando q devo ajudar mas acabo nao ajudando..
    a maioria das vezes nao ajudo pq martela na minha cabeça a questao "melhor do que dar o peixe é ensinar a pescar" entao qdo dou esmolas sinto como se tivesse dando o peixe, facilitando a vida naquele dia, mas nao a longo prazo...entao acabo nao dando mesmo!
    é a vida!
    bjos

    ResponderExcluir
  6. O mundo parece ser injustos muitas vezes, embora ter certeza que Deus é PERFEITO!

    Eu acho nobre ajudar os pobres que são vemos que realmente necessita,ainda mais em certas situações, o que devemos é saber separar quem precisa e quem pede para usar outras coisas!

    "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena"

    Beijao Flor

    ResponderExcluir
  7. Sabe,eu não gosto de dar esmolas..Dou uma vez ou outra..
    Mas, é sempre bom estar com a consciência tranquila.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Geralmente eu não ajudo, mas sei la... dá um peso na consciencia!
    O problema é quando aparecem crianças pedindo, principalmente no metrô!
    Na real delas e fico com mais do ainda... e morrendo de raiva dos fds dos pais que só fazem coloca-las para pedir, ensinando a vida "fácil"(digo entre aspas pq nem sempre ela é facil assim, muitos deles apanham e ate morrem fazendo isso).

    O problema não é a falta de oportunidade e sim a falta de vontade, pois conheci gente que nao tinha o que comer quando era pequeno, dividindo um pao e hoje é alguem na vida, que trabalha e sustenta a sua família!
    Falta de vontade é o que sempre encontramos!!
    De uma pessoa com o Blog abandonadérrimo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. eei, tem selo pra ti no meu blog,]
    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  10. Day, eu sempre que posso ajudo, mesmo que seja um atitude errada. Acredito que é melhor ajudar da forma que pode e se caso a pessoa estiver agindo de má fé, não quiser trabalhar, enfim... ela vai acertar as contas com Deus, mas minha parte está feita! Prefiro dar esmolas e não me sentir culpada, apesar que dar esmola não é ajudar tbm né, mas enfim. Consciencia fica tranquila!! Uma situação triste e dificil né Day, sempre fico muito mal
    quando vejo CRIANÇAS pedindo...
    E se formos pensar tbm né, aqulas moedinhas que vc doou pra ele, se não doasse ia fazer o que com elas?? Com certeza comprar balas na barraca do Tiozinho da Csu.. hahaha! Fez muito beeem Day. Parabéns

    ResponderExcluir
  11. Eu fico com mta dó, sempre ando com os viros do carro fechados, mas nao tem como ignorar qnd uma criança bate na janela, sempre abro e dou uns trocados, um doce que seja. Aho q talvez nao seja a coisa certa, e nao resolva todos os problemas do mundo, mas fico tb com consciencia tranquila.

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!