Lei de Murphy


Sexta feira foi um dia daqueles em que tudo que pode acontecer de errado de uma só vez, acontece. E tudo começou na quinta feira quando abri meu holerite online e vi que iria descontar muito dinheiro e que o que iria cair na minha conta era só o que dava para pagar a faculdade. Fiquei em choque. Os descontos somava uma falta sem atestado médico, algumas taxas de umas consultas no convênio, fora os descontos de inss e os 40% do salário que vem como adiantamento no dia 20, e que eu já havia gasto tudo, claro. E pra completar, eu já havia entrado no cheque especial até o talo, e a minha conta estava com o saldo de 1,45. Além de pagar a facul tinha mais algumas coisinhas de mulher que eu precisava comprar... Enfim, eu estava totalmente na merd@. Então pensei: já que sexta feira é dia 5, então irá cair o dinheiro do vale alimentação, então eu vou vendê-lo, compro o que eu preciso comprar e com o dinheiro da conta eu pago a faculdade. Gênio! Oh yes! All right!

Fiz planos de acordar cedo, pra dar tempo de passar no terminal e carregar o bilhete único da empresa que também já estava zerado, e passar na facul pra imprimir o boleto pois estou sem impressora e sexta feira seria o último dia pra pagar com desconto. Se passasse eu teria que pagar o valor integral, que daria TRÊS vezes o valor com desconto... Uma facada né. Mas esse acordar cedo envolveu aqueles "mais cinco minutinhos", e eu pulei da cama pro banho as 10:15hs da manhã. Consegui pegar um ônibus só as 11:40hs, ou seja, esse horário é o horário que eu tenho que pegar o ônibus direto pro meu trabalho e chegar lá em cima da hora. Mas eu ainda teria que parar no terminal e ir na facul imprimir o boleto, e depois ir vender o VA e passar no banco pra pagar a facul.. enfim, ia me atrasar na certa! Por algum motivo me lembrei do princípio da Lei de Murphy: Se alguma coisa pode dar errado, com certeza, dará.


Cheguei no terminal e fui direto carregar o bilhete único e tchan nããn! Sistema indisponível! Então fui pra facul, que é bem ao lado do terminal e fui lá naqueles terminais eletrônicos imprimir o boleto. Coloquei meu número de estudante e minha senha e tchan nããn! Senha inválida! Denovo e denovo! Procurei na bolsa algum papel da faculdade que tivesse minha senha, mas claro que não achei nenhum. Dai pensei em ir falar com a mocinha da secretaria que "esqueci" minha senha e ela imprimiria o boleto pra mim, mas a fila estava quilômétrica, então, sem chances. Dai, tive uma brilhante ideia: Mandar uma mensagem pra minha amiga Amanda que já estava no serviço, pra ela acessar meu email e ver pra mim qual era a minha senha, porque, eu deveria estar errando em algum número. Digitei toda a mensagem sms, e na hora de enviar, tchan nããn! Acabaram meus créditos! Nessa hora eu olhei pra cima e falei em pensamento: Pô Deus! Chega né!

Então me lembrei da segunda Lei de Murphy: Se alguma coisa pode dar errado, com certeza dárá, e da pior maneira possível no pior momento possível e de modo que cause maior dano.

Então me veio a resposta do Todo Poderoso e corri pra dentro da facul pois me lembrei que o laboratório de informática fica aberto e eu poderia acessar meu email por lá. Subi dois lances de escadas e segui pelo corredor IMENSO até o laboratório. Acessei meu email, conferi meu número e minha senha... e era exatamente a que eu estava digitando na porra da maquininha dos infernos que não estava aceitando! Mas, em todo caso, anotei o número do código de barras do boleto da facul pra pagar pelo caixa eletrônico mesmo...

Sai do laboratório de informática muito puta da vida, atravessei o corredor imenso, e desci os dois lances de escada denovo, e antes de sair da faculdade fui tentar mais uma vez imprimir o boleto e tchan nããn... A senha entrou e imprimi o boleto com sucesso! All right! Só porque eu NÂO PRECISAVA MAIS! Então fui pro terminal denovo e juro, eu inseri meu bilhete único cerca de QUINZE vezes em diversos carregadores e TODOS davam um tipo de erro diferente. E eu precisava recarregar porque iria usar o bilhete único no fim de semana e precisaria usar a integração, e lá perto do meu serviço não há nenhum lugar para recarregar. E a fila pra recarregar no caixa estava GIGANTE. Mas, na ultima tentativa, o bilhete foi carregado com sucesso. Oh Yes Baby! All right.

Olhei no relógio e faltavam 30 minutos pra minha entrada no serviço, e eu corri literalmente porque o UNICO ônibus que serve pra mim já estava de saída. Eu ODEIO correr atrás de ônibus, porque acho isso o mico da vida de uma pessoa. Mas, nessa bela sexta feira, eu corri atrás de um busão, acho que , pela primeira e única vez na VIDA!

Sentei em uma cadeira alta, porque eu morreria asfixiada se eu sentasse em uma cadeira baixa, devido aquele calor que esta fazendo todo dia em São Paulo. E logo no primeiro ponto o ônibus já lotou. Mas como já diz a Lei de Murphy: não há nada tão ruim que não possa piorar, no segundo ponto subiu um homem e parou bem do meu lado e começou a GRITAR que estava desempregado e era pai de 7 filhos e preferia pedir do que roubar, etc e tals. E o cearence sem familia, amigos e nem dinheiro (foi ele mesmo que disse), ficou lá berrando suas lamúrias ao pé do meu ouvido. Dai ele foi se espremendo em meio ao povo e eu pude ver a cara dele, e juro, ele parecia MUITO com o Lula! A diferença é que ele não tinha dentes...

Mais uns dois pontos e entrou outro pedinte e tchan nããn... Parou bem do meu lado! A minha cadeira ficava perto da porta e eu desejei ter sentado e morrido asfixiada em uma cadeira baixa mesmo. Mas esse pedinte além de pedir, cantava. Eu com meus fones estourando no ouvido não pude deixar de escutar o cover desdentado do Lula nomear seus filhos uma a um e o segundo pedinte cantarolar. Agora imagina como eu estava me sentindo a essa altura, atrasada pro serviço, ainda tinha que vender o VA, passar no banco pra pagar a facul senão perderia o desconto, esmagada em um ônibus em plena Av. St Amaro as 13:30hs da tarde com um sol de 38°??!! Só faltava ligar um painel eletrônico iluminado apontando pra mim: LOSER!

Bom, depois de levar 25 minutos da Joaquim Floriano até a Faria Lima, em um trecho que se leva 5 minutos no MÁXIMO em um dia sem trânsito, cheguei ao meu serviço parando antes em uma banca de jornal pra vender o VA e descobri que a porcentagem de desconto tinha aumentado de 13% para 13,7%, mas tudo bem, era o que tinha. Corri pra agência bancária que fica dentro da minha empresa e tchaan nããn! Sistema indisponível! E a fila do caixa eletrônico estava simplismente IMENSA, já que todos os descontos de todas as faculdades do mundo só valiam até hoje! Tudo leva mais tempo do que todo o tempo que você tem disponível- 4° Lei de Murphy.

Então fui pro meu posto de trabalho com 1 HORA de atraso e pensando em voltar ao banco mais tarde, antes das 16hs pra pagar a facul. Consegui chegar bem á tempo e fui a última a entrar antes que o segurança fechasse a agência.. paguei a facul com o desconto de 505,00 reais, que foi o responsável por todo esse estresse que eu passei, mas que com certeza, 505,00 reais me faria muita falta. Ohhh Yes Baby!!!!

Conclusão: Recebi e no mesmo dia já praticamente zerei minha conta denovo, preciso parar de ser tão consumista, ou ganhar um aumento e principalmente, preciso de um carro, porque andar de busão todo dia em pleno verão de 40° com um filhote de Lula berrando ao meu ouvido, não dá pra aguentar né!
E a 9° Lei de Murphy, que diz que acontecimentos infelizes sempre ocorrem em série, funciona.


Por Dayane Pereira.

30 comentários:

  1. Olá..
    primeira vez que passo por aqui...

    que história essa sua hein!!
    realmente, essas leis de murphy acontecem em efeito dominó...rs

    gostei do seu blog..

    vou te seguir...
    bjos

    meu blog pessoal é:
    http://www.positivity-everywhere.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Mto engraçado isso. Sempre acontece dessa forma, tudo junto agora!

    ResponderExcluir
  3. Ri pra caramba.
    Pensei, não sei porquê, que só era aqui que subia esses 'pedintes cantores'. É até reconfortante, sabia? Hahahaha...

    No fim, até que não foi tão ruim, vau.
    Até teve histórias engraçadas pra contar. =P

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Quando analisei o título do seu blog, pensei que seria seguidor de cara.

    E a imagem que parece ser a Mafalda fortaleu a opinião.

    Lerei muito o teu blog, não perde essa essência, viu?

    E seu texto é tão cotidiano e mágico!

    Continua assim, escrevendo em nuvens!

    ResponderExcluir
  5. Olha,quando vi o tamanho do post confesso que pensei seriamente em deixar de lado,não que eu não goste de ler mas é que hoje estou com uma peculiar preguiça e venho de 3 visitas de blogs em que não valeu nem um pouco a pena ter lido o post por inteiro,mas algo me disse que eu deveria ler esse e eu não me arrependi...Até pq me identifiquei bastante com a postagem,seja pela convicção de que coisas ruins acontecem em série,pois comigo é sempre assim...Ou seja pela fatídica história em um ônibus lotado,tenho HORROR aos coletivos,mas meu pânico de dirigir fala mais alto,então fico sem tirar carteira enfrentando experiências semelhantes a essas suas diariamente...Aguentar pedintes de coletivo já é difícil,aguentar o Lula mais ainda,uma mistura dos dois deve ter sido realmente algo apocalíptico...Mas dizem por aí,e eu acredito,que as coisas boas acontecem em série também,então espero que sua sequência positiva esteja perto,e quando chegar,aproveite da forma mais intensa possível,pq coisas boas..São sempre beeeem breves.rsrsrs

    Calvin Watterson www.finalzindefesta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkkk cover desdentado do Lula, eu ri demais.
    Pior que é verdade, qqundo uma coisa começa a acontecer errado, la vem uma porrada de acontecimentos ruins junto! MAs já virá a maré boa viu?

    ResponderExcluir
  7. É a famosa Lei dos Smurfs, sempre existem dias em que tudo que era pra ser normal vira uma história bizarra. E 505 reais fazem muita diferença, até pra rico. Enforcada quando recebe, sou expert nisso..hahahahahahaha
    bjs
    e mais sorte nos dias normais

    ResponderExcluir
  8. Ai,ai,ai.Já passei por algumas dessas.
    E o pior que parece que quanto mais pressa se tem, maiores são os atrasos e os problemas.
    Sou anticonsumista total, então te desaconselho o carro.
    Pensa bem, IPVA, combustível, manutenção...
    Mas quem sou eu pra dar conselho?
    Só posso dizer que sou um anticonsumista feliz.
    Obrigado pela visita e pelo comentário, e que bom que gostou do vídeo.Viajo com as músicas dos clipes que posto, e muitas das letras influênciaram muito na maneira como encaro a vida atualmente.
    Abraço, e até a próxima visita.

    ResponderExcluir
  9. ensistem coisas!! hahahahahs
    gostei de estar qui no ceu canto.

    ResponderExcluir
  10. Nossa... Q dia hein...
    Só m resta desejar q a segunda comece
    Mto calma...Hehe...

    Faz facul d q?

    bju

    ResponderExcluir
  11. Nossa! Que dia hein! Um dia daqueles! Mas busão lotado ninguem merece, ninguem nesse mundo! E comigo é sempre assim tb, pago a facul e fico zerada! rsrs

    ResponderExcluir
  12. É como sempre digo. Sempre temos o nosso dia de ESTRELA!

    Força pra ti aí querida!

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkk...
    Muito bom o texto, apesar de ter sido irritante para vc...
    Deve-se acreditar mesmo na lei..kkkkkk

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oieee
    dando uma breve passada para avisar vc de não deixar de conferir o meu blog
    Voltou com tudo em 2010
    em breve ocm novo layout e novas postagens
    vai encarar??
    comente hein!

    [http://www.alinepaim.com]

    ResponderExcluir
  15. Muito bom o texto, tipo... tirando a parte que vc se fode... kkkk

    Mas maldita ley de murphy que nos maltrata...
    kkk
    adorei o blog,
    abraço...

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  17. nussa!!!

    é terrível quando tudo dá errado...

    :-/

    ResponderExcluir
  18. Dizem que o Murphy era um cara da outra gangue de Israel que rivalizava com Moisés, e batia de frente mesmo, pq suas leis davam certo!

    E pqp! Dâo certo até hoje...

    Graças ao Todo-Poderoso (o mesmo que lhe deu os sinais) eu já a um bom tempo não passo por isso... E tenho tentado organizar ao máximo as coisas pra evitar, masssssss, de alguma coisa for pra dar errado, dá mesmo!

    O que importa é que vc sobreviveu neh?

    Beijossss

    ResponderExcluir
  19. Pqp hein Day! E eu achei que eu e o gustavo eramos azarados! Mas nessa você se superou!! Aaaaah e as leis de murphy funcionam!!!
    Bjinhus

    ResponderExcluir
  20. Oi amiga, obrigada pela visita!
    e sorte pra vc com o seu Mr. Babaca! rss
    como disse vc, é regra!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  21. Hahaha...
    A Valéria é cúmulo da falta de educação, hein? Culpa da TPM.
    Que bom que tu gostasse do meu conto. ^^

    Beijo.
    Espero uma nova postagem por aqui.

    ResponderExcluir
  22. Ah, eu ri, poxa. Quase impossível manter-se quieto com esses desastres em série. Mas no final, o que importa é que tudo deu certo!

    Beijos.
    ;*

    ResponderExcluir
  23. Oie, tem dias que parece uma bola de neve vem uma coisa atrás da outra e quando é ruim então sai de baixo que a bola passa por cima, (risos)
    Muito massa seu blog, tou te seguindo passa no meu blog vou te seguir beijao!

    ResponderExcluir
  24. tadim do LULA
    MUITAS COISAS RUINS AE?

    ResponderExcluir
  25. OI LINDA, TUDO BEM ADOREI VC TER COMENTADO EM MEU BLOG, PUS SEU LINK NA BARRA DE PARCEIROS DE LINK, LINKA EU AI NO VALE A PENA UM CLIQUE, ESTA LISTA AI...

    BEIJOS...

    http://clubedasmusaslivre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. essa lei de Murphy.. ainda rege a sua vida? kkkkkkkkkk a minha também Day, vc não esta sozinha nessa

    ResponderExcluir
  27. Carambaaa! Me deu agunia ler isso, principalmente a parte do onibus! Me imaginei no seu lugar; mas é engraçado no final das contas, rendeu um bom post

    ResponderExcluir
  28. PQP viu!!! até eu fiquei brava agora!kkkkkkkkkk


    bjus

    ResponderExcluir
  29. Acho que apenas uma única palavra define este post: ENVOLVENTE.

    Primeira vez que leio aqui, mas fiquei envolvida com a história. É uma história que dar curiosidade de saber a sequência, saber o próximo cumprimento da Lei de Murphy.

    Parabéns, expressa-se muito bem.
    :D

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!