Filme: Substitutos

Do Diretor: Jonathan Mostow (O exterminador do futuro 3- a rebelião das máquinas).Título Original: Surrogates
Ano: 2009

Num futuro próximo, o ser humano não precisa mais sair de casa para cumprir com suas obrigações. Isso pode ser feito por seus substitutos, uma cópia melhorada de cada um de nós. Assim, você pode deitar em casa e se conectar ao seu substituto e comandar suas ações, sem realmente estar vivendo aquilo. E assim vivemos em uma sociedade perfeita, pessoas perfeitas e psiquica e fisicamente, e uma sociedade sem crimes. MAs sendo robôs, podem também ter falhas, e assim se tornam inimigos da raça humana, que tenta reverter seu erro, mas pode ser tarde demais.

A história do filme é boa, como crítica a necessidade e dependencia extrema que temos pela tecnologia ao ponto de deixar que ela substitua nossas experiências sensoriais, nossas emoções. Lembra muito Eu, Robô, e em certas cenas, a ideologia de Minority Report... Bruci Willis esta ótimo, em plena forma...


As cenas de ação, são o que salvam o filme. Achei bom sim, mas espereava mais. Mesmo assim, é um bom filme.


Curta a Fan Page do Penso aqui e me siga no @PetitDay !

4 comentários:

  1. Um filme pra arregar nossos olhos.

    Gostei!

    ResponderExcluir
  2. Me lembrei de Blade Runner também, e recentemente vi o trailer de 'Avatar', com idéia parecida.
    Sugestão: ao lado do vídeo na página do YouTube, abaixo do código de imcorporação do vídeo, dá pra selecionar a resolução 480x295, mais apropriada pra o formato do seu blog.
    Ótima semana.

    ResponderExcluir
  3. eu gostei mto do filme temos para download no nosso blog

    www.clickcertotche.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. A ideia básica deste filme é genial: como acabar com o preconceito?
    Simples: tornando todas as pessoas (fisicamente) bonitas, assim, não precisamos aprender a aceitar as diferenças do nosso próximo, já que el é extremamente parecido conosco.
    Ótimo filme.
    Valeu.

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!