Palavras Sábias

Via Msn, Dicas de relacionamentos e profissionalismo, com Rapha!!!! Clica na figura pra ver melhor..




Traduzindo:

Amor eh ruim qdo eh demais,
pq chega num pto q a pessoa chega a amar mais o outro que a si mesmo
porém independencia demais eh ruim, pq chega a deixar de lado opnião, e gosto das pessoas que amamos
bom senso em td eh legal
num to te reprimindo pela sua postura... mas destacas as coisas boas de suas relações, mostra q vc se ama, e mostra sempre q vc eh capaz
isso pra emprego eh determinante, aprendi isso!! hahuauhahua

É... Não resisti.. Rs


Por Dayane Pereira.

25 leram, refletiram e opinaram:

Rick disse...

E não deixa de ser uma boa dica!

ana.levinspuhl disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
iti disse...

profundo..
rs
http://www.maquinazero.com.br/

Camaleão disse...

Belo pensamento
"bom senso em tudo é legal." com certeza ;]

Erica Ferro disse...

Poxa, dicoooooonas.
Adorei.
:*

Raphael Nara Pereira disse...

Hahaha
Apesar do marcador suspeitíssimo, curti que vc colocou...
Espero que o "palavras sábias" não sejam irônicos
huehuehue
E se a galera ta curtindo, bacana!
Beijos lindona!

www.rremedy.blogspot.com

Lêlê Mafalda disse...

Me tocou.

Sofie Simons Bardot disse...

Seu amigo é sabio e comediante rsrs'

Paulo Guedes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Guedes disse...

sabio e comediante [2]

Mas isso cabe meeeesmo pra vc hein Day! A parte de independência demais..

Dayane Pereira disse...

Aff Paulo, a cada comentario vc se supera..

Marie disse...

ah. \gostei.Parabéns pelos selos

mistureba-do-marcoszera disse...

quer ser parceiro do meu blog se quiser e so me avisar por comenatrio e colocar o link dele nos seus parceiros ate

Raphael Nara Pereira disse...

sou mais comediante que sábio
kkkkkkkkk

S. Narciso disse...

Gostei de teu blog, vai pra minha lista de recomendações!!!


http://opumanegro.blogspot.com

iMarty Turbo disse...

muito bom o texto, muito melhor do que os convencionais sites de poema, o seu é inovador e não cansativo

Leonhard disse...

Acho que não cheguei no ponto de amar mais a outra pessoa do que eu mesmo. Acho que não penso por esse lado, mas muitas vezes, como em todos os casos de amor, a gente faz loucuras esperando coisas em troca. E o ruim é esse, espectativa. Não ter ela que realmente ajuda.

Juliane disse...

kkk

Cláudio Luiz Almeida disse...

Dayane,

Eu confesso, eu tenho problemas. Por influências de um filósofo nefasto e encantador, eu tenho mania de inverter os valores de tudo e ver que significados surgem. Se eu ler o texto como uma pessoa normal vou chegar as mesmas conclusões que as pessoas acima (Elas são normais e estão certas). Agora se eu inverter os valores acho significados diferentes e que me agradam mais, o que não necessáriamente que dizer que são melhores, mais seguros ou mais adequados.
Em resumo, restaria um amor desequilibrado e egoísta. O amante também estaria exposto a sofrer. Não me dê ouvidos, mas na minha opinião, no ciclo amoroso: paixão, amor, desamor, dor; a paixão e a dor são os momentos mais intensos e ricos. Se eu seguisse o caminho do equilíbrio cairia no tédio (lembre-se eu não sou normal).
Então eu realmente não sei. Mas pelo que li no seu perfil vc é inconstante, abstrata, sem rótulos,etc. Quem sabe vc me ajude a entender, o mesmo a me confundir ainda mais.
Bjs

Leandro Kerr disse...

Como você disse: Palavras sábias!

Se não conseguimos amar a nós mesmos, que amor teriamos para dar aos outros? ;D

Obrigado pela visita! Passa lá sempre :D

Ana disse...

Não entendi a parte da independencia de mais, mas eu gostei e concordo com o pensamento.

Obrigada pela visita ^^

hum, vou seguir-te :*

abraços

Marcelo disse...

Tudo tem de ser moderado, senão se torna uma coisa chata
boa dica a se seguir, my girl

¬Garoto do Blog¬ disse...

Isso não deixa de ser uma verdade! eu já amei demais isso não é bom! nois temos que nos amar primeiros pra depois amar os outros fica mais facil! eu já fui Obsecado!

Bjôs!

Raphael Nara Pereira disse...

Claúdio e Leohnard
Quando eu disse a Daay isso, o contexto era meio diferente...
Foi mais pra exemplificar
Mas eu qdo digo de gostar demais, é pq realmente quando uma pessoa ama exageradamente a outra isso pode ultrapassar limites. Um caso que posso citar eh sobre uma garota que ficava com um conhecido. Ela se apaixonou. Ele começou a dar o fora nela, mas ela insistia. Ele revidava com grosserias, com destratos, tentou se afastar dela tratando-a mal e ela chegou por fim a desistir do amor, mas implorando pra ele não deixar de ir na casa dela "comê-la" (perdoe o termo). Isso é típico caso que a pessoa deixou o amor próprio. E eu acho que ngm deve chegar nesse nivel, pois temos mto a viver a curtir na vida pra dedicar de si a outro que não nos dá valor. Porém, quando existe uma relação sincera e de respeito, sim eu concordo que ela deve ser vivida intensamente, sem esperar coisas em troca.

Ana, a parte da independência é sobre quando uma pessoa quer ser tão independente, mas tão independente a ponto de pensar apenas no que sente, no que importa pra ela, sendo que mts vzs, com amigos e amores temos que pensar na outra pessoa e trabalhar pra que seja sempre algo legal pra curtir. É o extremo contrário do que foi falado do amor. O bom senso, o equilibrio entre esses dois eh que eh o lance...

CARACAS! ESCREVI DEMAIS! kkk
bjs e abraiz

Mila Carvalho disse...

Amar demais te faz eskecer de vc mesmo.. e isso naum eh legal
amigos meio filosofos ssão os melhores =D

http://rainbowpeb.blogspot.com/