Entre Meninas

Cheguei assustada, muita gente olhando na direção da porta, olhando para quem entrava. Pessoas com estilos variados, porém, obscuros. E logo ela veio ao nosso encontro, sorriso lindo, olhos bem maquiados, os cabelos enormes e castanhos claros, o corpo perfeito, e os lábios.. Batom vermelho. Fomos apresentadas, e ela me olhou da mesma forma que eu a olhei. Com as mesmas intenções. Logo viramos amigas íntimas, enquanto os meninos bebiam e conversavam seus assuntos de machos, nós falavámos de literatura, revelendo gostos parecidos. E no desenrrolar da conversa, olhares, gestos, toques. Cada toque dela, me arrepiava. Estava linda, usando um shortinho colado por cima de uma meia arrastão, uma blusinha justa, cabelos soltos, e cruzava as pernas deixando a mostra a pele branca e macia. E o perfume... me lembro até hoje.

Me senti estranha. Nunca uma mulher me atraiu tanto. Mas ela já era experiênte. Não tenha medo. Não precisa negar seus instintos, isso não é vergonha pra ninguém. Talvez eu me sinta reprimida em público. Entre uma bebida e outra, risadas, toques, já me sentia mais a vontade. The Police me inspira.

Meus amigos olhavam, não se aproximaram, mas ficaram olhando de longe. Minha blusa caida no ombro e ela tocava minha pele. Tão branquinha, tão macia. Que linda sua maquiagem, deixa eu ver de perto. Fechei os olhos, ela se aproximou, pude sentir sua respiração, tão próxima, e ela encostou seus lábios nos meus. Não me mexi, não sei dizer ao certo se eu retribuí. Você fica linda vermelhinha.
Eles olhavam, estavam a espera, queriam ver. Olhos em cima de mim me apavoram. Não quero servir de entretenimento sexual para ninguém.Talvez seja melhor lá em cima, é mais privado. Só nós duas, entre meninas. Nós subimos.


Quando descemos, já clareava, e eles nos esperavam, como se nada diferente tivesse acontecido. Mas era diferente pra mim. Eu te ligo Day. Fomos embora.


- Trocaram telefone? .
- Cala a boca, por favor. - Minha cabeça doía.
- Assume, você gostou dela.
- Foi só uma ficada, tá, acontece. Você também já ficou com homem. E não é gay.
- Relaxa Day. Ter atração por mulher não te faz lésbica.
- E ter atração por homens e mulheres?. Perguntei chorosa.
- Ah, te faz Bi. Ou não.
- Seu idiota!! Pelo menos você me faz rir.


E eu descobri que ás vezes dói se conhecer, mas se aceitar, dói mais ainda.

Ela me ensinou muitas coisas importantes, tanto nessa noite, quanto posteriormente, com sua amizade, suas palavras, e o nosso segredo.

"Goste das pessoas pelo que elas são, como pessoas. Não ligue para o preconceito, para as regras, para padrões. Ame o feio, o estranho, o errado, o do mesmo sexo ou do sexo oposto. Ame o ser humano. E seja livre".
Dedico a ela.


Por Dayane Pereira.

30 leram, refletiram e opinaram:

Amanda Oliveira disse...

Day, vc disse tudo o que importa é vc sentir, não importa como ou o porquê.

Saudades

Marcelo disse...

Se aceitar é mesmo dificil as vezes, quando como achamos que as coisas fogem do normal, pq padronizamos o normal.

Vc tem opnião, e é corajosa sempre

te amo tanto

/carla disse...

Você tem que viver do jeito que você se sente por dentro, independente como x)

Anônimo disse...

Logo de entrada uma linda foto. Me deixou jah pensativo em que iria relatar desde entao. Tocante o modo como descreveu um momento. Muito Precioso. Se manter aberto ao novo eh importante para crescermos e alcancarmos o inimaginavel.
Abrcs,
Trujillo

¬Garoto do Blog¬ disse...

"E eu descobri que ás vezes dói se conhecer, mas se aceitar, dói mais ainda"

Isso vai de cada pessoa sabia? tipo eu me aceito, e tenho 1 namorado 14 meses! agente viaja e dormi abraçado no Onibus! somos Gays mesmo! eu tenho um amigo que ele não se aceita! ele vive sofrendo! é complicado demais isso! essa vida de Gay e uam vida dificil pra quem e fraco!


Bjs gostei do Post!

Paulo Guedes disse...

Caraio, dava td pra ver isso pessoalmente.. rsrs Brinks amor, gostei do post, bem escrito e disse o certo. Ame o ser humano..

Anônimo disse...

Precisamos fazer o nosso caminho do jeito que gostamos... este é o único jeito de sermos felizes...

nunca se arrependa de dizer o q pensa, e de sentir o que sente... porque uma pessoa só é feliz se é espontaneamente feliz...

Não se prive de seguir o caminho que vc acha que é o mais adequado.. não é por que todos acham que você precisa ser de um jeito que você deve segui-los...

Afinal... só estaremos errados em amar uma pessoa do mesmo sexo o dia em restringirmos a nossa cabeça para um universo onde esse sentimento é o único correto a ser seguido. Devemos ser livres para sentirmos o que quisermos por qualquer um... e eu vou sempre lutar por essa liberdade emocional...

Retorno novamente pra deixar outros comentários...

I.

Raphael Nara Pereira disse...

Realmente a foto eh sugestiva mesmo..
Mas não se condene tanto assim...
Vc sempre vai ser encantadora, independente de que sensações tenha experimentado, ou experiências tenha tido...
Beijos

Mikaele Tavares disse...

Gostei daqui... Estou seguindo...
E o importante é a gente se aceitar para que as pessoas nos aceitem e nos respeitem...
Lindo!
beijos

B. disse...

Eu adorei esse post querida.. nunca é de mais se conhecer...

'O importante n é quem vc ame, o importante é amar e ser amado '

sorte!!! :D

http://pequenab.blogspot.com/

Fê, disse...

concordo com tudo, a gente não pdoe ligar para o que os outros pensam,a gente tem que lutar pelo que quer,independente do que os outros vão pensar.

=*

Antônio Chagas disse...

Sentimento deve ser puro e bem vivido... Esqueça as convecções! Tudo é ilusão. Viva!

(Tonin)

Danilo disse...

UAL, mto boa essa historia.vc ta certa goste do ser humano.

Abner Moreira disse...

Meeeeeeeeeeeeenina! Paaaara tudo!
Você escreve MUITO, MUITO, MUITO beeeeeeem! Esse texto prende nossa atenção, nos faz sentir o que você sentiu mas de uma maneira bem mais intensa. Fico imaginando o vendaval de sentimentos e sensações que passaram por você.
Mas essa é a vida. Devemos vivê-la intensamente.
beijoca e parabéns de novo

;*

www.abnisland.blogspot.com

Verdelone disse...

Simplesmente muito bom...
Nunca negue seus instintos...
Abçs
CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

Lilian Negrini disse...

Evoluir dói, mas é tão gosotoso. Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é, mas com o tempo, descobrimos que há muito mais delícias....
Bjs linda

Lilian Negrini disse...

Tem um presente pra vc no meu blog. Vai ficar com selinhos repetidos, rs, então nao precisa postar de novo. Só quero que saiba que adoro seu blog. Indiquei qpenas os que gosto muito.

Bjs

Lilian Negrini disse...

Tem um presente pra vc no meu blog. Vai ficar com selinhos repetidos, rs, então nao precisa postar de novo. Só quero que saiba que adoro seu blog. Indiquei qpenas os que gosto muito.

Bjs

Cláudio Luiz Almeida disse...

Gostei deste estilo narrativo. Interesso-me tanto pelo conteúdo como pela forma de expressão. Parabéns!

Lêlê Mafalda disse...

Lindo texto.
De fato, as pessoas se procupam mais em rotular as pessoas por estereótipos do que em conhecer o próximo de verdade.

Ah, morro de inveja de quem fica bem de batom vermelho!

Mila Carvalho disse...

O texto ta ótimo... vc não tem de se preocupar com os outros... só com os seus propios sentimentos..
Se os outros vão falar é problema deles..

http://rainbowpeb.blogspot.com/

Mila Carvalho disse...

O texto ta ótimo... vc não tem de se preocupar com os outros... só com os seus propios sentimentos..
Se os outros vão falar é problema deles..

http://rainbowpeb.blogspot.com/

***Marybonekinha*** disse...

li o texto, o q importa é o q vc pensa...valew garota


vale a pena visitar


1 maquiagens http://sentimentosreias.blogspot.com/



2 musica anos 80 http://romanceinmusic.blogspot.com/
comentem e siga
bj

Amicha disse...

eu qria comentar na do leão, mas não consigooo!!

Leo Lagden disse...

Linda história.
Realmente a fase de termos que encarar o que somos é a mais complicada.

http://www.blogdoargonio.blogspot.com/

Leo Lagden disse...

Linda história.
Realmente a fase de termos que encarar o que somos é a mais complicada.

http://www.blogdoargonio.blogspot.com/

Leonardo disse...

Muito bem narrado a história, com td sua sensibilidade e meiguice. Nunca é tarde para se conhecer.

Eduarda Ramos disse...

Faço das suas, minhas palavras.

Ѽ мαн Ѽ disse...

Ameiii 0o BloG e o pOst tb....PARABENS MxM...
B'jS
By^^Mááh

.. disse...

Me senti presa ao texto.xD


http://daniellekenias.blogspot.com/