Supernatural- 1° Temporada

Uma familia comum, mãe, pai, um filho de 8 anos e um de 6 meses. Na noite em que Sam completa 6 meses, algo mata sua mãe, queimada pressa no teto. Seu pai John, consegue salvar os filhos. A partir daí a sua vida passa a ser caçar o que matou sua esposa.

A primeira temporada começa com a morte da mãe, e passados 22 anos, Sam, o filho mais novo, que optou por sair de casa para fazer faculdade, é procurado pelo seu irmão mais velho, Dean, pois seu pai saiu para caçar e não mais voltou. Dean pede a ajuda do irmão para procurar o pai. As pistas deixadas pelo pai estão em um diário, o diário do John, com anotações de anos de caça. Os irmãos seguem a pista do pai, caçando criaturas sobrenaturais. Ao retornar para casa, sem ter encontrado o pai, Sam encontra a sua namorada pegando fogo no teto de sua casa. Jessica morre da mesma forma que a sua mãe. A partir dai, os dois irmãos saem em busca de seu pai e paralelamente do que matou sua mãe e Jessica.


Na primeira temporada, os episódios são praticamente independentes um do outro. Ou seja, não é preciso asssitir todos, consecutivamente para entender qual é a da história. Mas é claro, que assistir os episódios em ordem é muito mais interessante. A temporada se preocupa mais em mostrar as caças dos irmãos, como espíritos, vampiros e assombrações das mais diversas. O dilema familiar, fica em segundo plano.

Sam é o irmão mais novo, o rebelde, que saiu de casa para morar com a namorada e fazer faculdade, abandona a vida de caçador e seguir ordens do pai. Quer viver a sua vida, não quer passar o resto dela caçando essas "coisas". Já o irmão mais velho, Dean (lindo de morrer!!), sempre esteve ao lado do pai, aceitando a sua missão de combater o mal (clichê) e principalmente encontrar o que matou sua mãe- e este é o objetivo da vida de seu pai, Jhon.

Os irmãos vivem um conflito interno, com problemas do passado mal resolvidos, mas nos momentos cruciais da série, é explícita a preocupação e amizade entre os dois, e a vontade mútua de reencontrar o pai. Mas, fato é que esse dilema familiar fica como plano de fundo para os episódios emocionantes e sobrenaturais.

O que me dispertou o interesse logo de cara pela série, foi principalmente a trilha sonora. Algo como, AC/DC, Metallica e Jhonny Cash. Meu! DUCARALHO vai!!!!!!!!!!!!!!!!
Logo depois o senso de humor dos personagens, o sarcasmo de Dean, e por vezes seu jeito sério, indiferente e até uma certa frieza.... A primeira aparição dele, logo no primeiro episódio, me deu a impressão de ser um vilão, o irmão do mal, pelo jeito frio, direto dele. Mas com o desenrrolar da estória vamos nos acostumando com o jeitão do Dean- Perfeito!! Sam é mais bobo, é mais na dele, o cara que não pega ninguém... Ainda é apaixonado pela namorada falecida. Na primeira temporada ele pega uma mocinha, mas é só um beijo, e tem um leve affair com uma criatura do mal, em pele de mulher. Nada de mais. Já Dean, é garanhão por natureza, paquera muito durante todo o episódio. E tudo isso sempre regado a muito suspense e rock n" roll.

Um comentário:

  1. Cara, eu queria assistir a essas séries...:S
    Mas não tenho TV por assinatura, minha net é uma desgraça, meu pc é mais lerdo do que uma tartaruga. É, o jeito é comprar as temporadas.

    Muito bom o post!
    Beijo.

    ResponderExcluir

O que você achou deste Post?
Deixe sua opinião.
Obrigada pela sua visita!